Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
59 dias
06 mai
Próximo evento em
101 dias
20 mai
Próximo evento em
115 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
129 dias
10 jun
Próximo evento em
136 dias
24 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
171 dias
29 jul
Próximo evento em
185 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
213 dias
02 set
Próximo evento em
220 dias
09 set
Próximo evento em
227 dias
23 set
Próximo evento em
241 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
248 dias
07 out
Próximo evento em
255 dias
21 out
Próximo evento em
269 dias
28 out
Próximo evento em
276 dias
05 nov
Próximo evento em
284 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
312 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
321 dias

Todt revela que fez com que Grosjean falasse com a esposa assim que chegou ao centro médico

compartilhar
comentários
Todt revela que fez com que Grosjean falasse com a esposa assim que chegou ao centro médico
Por:

O presidente da FIA ainda afirmou que a entidade vai a fundo na investigação para entender porque o carro se partiu em dois e pegou fogo

O presidente da FIA, Jean Todt, esteve presente desde os primeiros minutos após o resgate de Romain Grosjean após o acidente no GP do Bahrein de Fórmula 1. E segundo Todt, assim que o piloto chegou ao centro médico, ele colocou como prioridade que Grosjean falasse com sua esposa pelo telefone, para garantir que tudo estava certo com ele.

Grosjean acabou com apenas queimaduras nas mãos e enquanto ele passava por uma avaliação no centro médico, Todt acompanhava o processo de perto e sentiu que era essencial que sua esposa, Marion Jollès, soubesse que tudo estava certo com o piloto.

Leia também:

"Imediatamente fui vê-lo quando chegou ao centro médico", disse Todt ao Motorsport.com. "Para mim, a prioridade era tê-lo falando com a esposa, para que ela pudesse ouvir dele que tudo estava bem".

Todt ainda revelou que sua primeira conversa com Grosjean no hospital foi sobre como o halo salvou sua vida. O francês era um conhecido crítico da novidade, introduzida em 2018.

"Depois, fui vê-lo no hospital, e a minha primeira fala foi: 'Gosta do halo agora?'. E ele não foi o único a falar ontem sobre a importância do halo, tendo sido contra anteriormente".

Em 2018, Todt sofreu grande resistência do paddock pela introdução do halo, mas o dispositivo já provou mais de uma vez a sua importância, com a primeira vindo ainda naquela temporada, quando Charles Leclerc escapou de ser atingido pela McLaren de Fernando Alonso na Bélgica.

"Algumas vezes, é importante que você defenda sua opinião se está convencido dela, mesmo que demore um tempo para obter resultado. Olhe o caso de Leclerc quando teve aquele acidente, e falamos que, sem o halo, teria sido diferente. Se olharmos para o passado, talvez não teríamos perdido alguns pilotos se o halo já estivesse no carro".

Retorno "assustador" do fogo à F1 precisa ser compreendido

Ainda no domingo, a FIA confirmou que iniciaria uma investigação detalhada sobre o acidente de Romain Grosjean e, para Todt, entender como e porque o carro pegou fogo daquele modo é um fator chave.

"Acho que, com o passar do tempo, perdemos as memórias de carros pegando fogo. Então precisamos entender porque isso aconteceu. Devo admitir, não lembro de muitos acidentes onde o carro foi cortado ao meio. Precisamos investigar a fundo".

"Parece que a célula resistiu bem. Imaginem o que teria acontecido com suas pernas, pé, se não tivesse resistido, o que algo fantástico. E isso tudo é resultado das melhorias".

"Agora, precisamos entender as luvas, porque suas mãos tiveram queimaduras de segundo grau. Precisamos entender o que aconteceu e seu macacão também estava queimado".

Todt reconheceu que outros elementos do acidente foram questões do momento, como o fato do incidente acontecer próximo à primeira curva, na primeira volta, com o carro médico podendo chegar em apenas nove segundos.

"De certo modo, foi uma grande sorte ter o carro médico segundo os carros, porque foi logo após a largada. Então eles chegaram ali bem rápido".

"E vejam como eles foram corajosos no carro médico, com Ian Roberts e Alan van der Merwe saindo imediatamente, se expondo, e os fiscais também. Temos grandes pessoas aqui e isso me inspira".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Detalhes de como Grosjean sobreviveu ao acidente e a Covid-19 de Hamilton; assista

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em sua estreia na F1

 

Bottas brinca sobre maré de azar na F1: "Não sei se rio ou se choro"

Artigo anterior

Bottas brinca sobre maré de azar na F1: "Não sei se rio ou se choro"

Próximo artigo

Schumacher: Estou pronto para substituir Grosjean em Abu Dhabi se necessário

Schumacher: Estou pronto para substituir Grosjean em Abu Dhabi se necessário
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Autor Jonathan Noble