Vandoorne deve perder 35 posições no grid no GP da Bélgica

Pouco após anunciar sua permanência na McLaren, belga testará novidades no motor Honda em seu GP local

Vandoorne deve perder 35 posições no grid no GP da Bélgica
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Carregar reprodutor de áudio

A Honda levará um motor evoluído para o GP da Bélgica, o que significa que Stoffel Vandoorne deverá receber uma punição de 35 posições no grid de largada devido às mudanças.

A fabricante japonesa continua trabalhando na melhora de seu motor na Configuração 3, o que vem sendo originalmente testado desde o GP do Azerbaijão.

Mas, com a F1 entrando em pistas que exigem potência como Spa e Monza, a Honda usará a oportunidade para trazer novas peças para o piloto local Stoffel Vandoorne.

A Honda confirmou que as mudanças já eram planejadas, embora sem dar muitos detalhes. “Sim, estamos trazendo algumas novidades. Quanto às penalizações, elas serão oficialmente anunciadas pela FIA na sexta-feira”, disse uma porta-voz da Honda.

A FIA, no entanto, já confirmou que Vandoorne usará uma unidade de potência inteiramente nova. Então, isso representará seu quinto motor de combustão interna, seu oitavo MGU-H, seu quinto MGU-K, a sexta bateria e a sexta centralina eletrônica.

Isso renderá uma punição de 35 posições no grid.

Entende-se que as novas partes serão experimentadas somente por Vandoorne neste fim de semana, mas, caso se mostrem um sucesso, Fernando Alonso também as utilizará no próximo fim de semana, em Monza.

compartilhar
comentários
Filho de Schumi andará com carro do 1º título do pai em Spa
Artigo anterior

Filho de Schumi andará com carro do 1º título do pai em Spa

Próximo artigo

Preterido na Ferrari, Perez diz que F1 atual é “frustrante”

Preterido na Ferrari, Perez diz que F1 atual é “frustrante”
Carregar comentários