Últimas notícias

Vettel: Ferrari não “perdeu direção” apesar de derrotas

Alemão acha que pessoas superestimaram vantagem da Ferrari no meio da temporada e promete agressividade em Suzuka

Sebastian Vettel, Ferrari SF71H

O piloto da Ferrari, Sebastian Vettel, disse que seu time não "perdeu a direção", apesar da recente vantagem técnica da rival Mercedes.

A Scuderia foi superada nas duas corridas mais recentes, em Singapura e Sochi, onde Vettel se classificou a mais de 0s5 da Mercedes, apesar de uma grande atualização na asa dianteira de seu carro que estreou na Rússia.

As recentes derrotas marcaram uma rápida reviravolta na hierarquia desde Spa, local da vitória mais recente da Ferrari e de Vettel.

Perguntado se a Ferrari perdeu a direção técnica, Vettel disse: “como você sabe sobre nossa direção técnica? Desculpe, não acho que seja verdade. Eu não acho que perdemos a direção”.

"Acho que fizemos progressos com o nosso carro, os passos que planejamos, os passos que estão chegando. Agora, você nunca sabe onde você está em comparação com os outros, talvez eles tenham feito pequenos passos ou passos maiores, eu não sei. Tenho certeza, falando de todos os nossos engenheiros, de que estamos onde gostaríamos de estar.”

“É claro que você gostaria de estar sempre mais avançado, com mais desempenho, mas isso é o mesmo para todos.”

Vettel disse que não está surpreso que a Mercedes esteja na frente, já que acredita que a vantagem da Ferrari em pontos anteriores da temporada foi superestimada.

“Acho que dissemos muitas vezes que temos um carro forte, mas não acho que, talvez contra as opiniões das pessoas, tenhamos tido um carro dominante em qualquer momento deste ano.”

"Temos estado muito próximos o ano todo, mas houve muitas corridas do nosso lado onde não estávamos perto o suficiente.”

"Uma corrida como a do fim de semana passado na Rússia, a forma como eles puderam jogar conosco na corrida, geralmente significa que eles têm mais ritmo e há outras corridas na temporada em que não tínhamos o ritmo que eles tinham."

Vettel tem 50 pontos de desvantagem - o equivalente a duas vitórias consecutivas – para Hamilton com cinco corridas pela frente, mas insiste que não verá o GP do Japão neste fim de semana como sua última chance de virar a maré da disputa pelo título.

"Não gosto da abordagem ‘agora ou nunca’. Eu não acho que haja muito sentido nisso”, disse ele.

"Eu não sabia que eram cinco ou seis corridas para o fim, agora eu sei, então o segredo é não contar Você ataca todo fim de semana, todo final de semana é diferente, a pista é diferente e as circunstâncias são diferentes, então estou muito feliz de estar aqui.”

“Eu amo a pista, esta é a minha pista favorita no mundo, então é melhor aproveitar e não estragar isso.”

Reportagem adicional por Jonathan Noble e Scott Mitchell

Sebastian Vettel, Ferrari SF71H

Sebastian Vettel, Ferrari SF71H

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Hamilton se diz surpreso por Ferrari não usar ordens
Próximo artigo Pilotos pedem por uso do DRS em curva 130R de Suzuka

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil