Di Grassi explica pior início de temporada na F-E e expectativa de lutar por vitórias nas provas restantes

Brasileiro disse que carro da Audi possui ótimo ritmo de corrida, mas que está devendo nas classificações

Di Grassi explica pior início de temporada na F-E e expectativa de lutar por vitórias nas provas restantes

Com um sétimo lugar na primeira corrida de Valência como seu melhor resultado no ano até aqui, o brasileiro Lucas di Grassi considerou as primeiras sete provas da temporada 2021 da Fórmula E até aqui como "a pior metade de ano que já teve na carreira".

Di Grassi é atualmente o 19º no Mundial de Pilotos, enquanto seu companheiro de Audi, René Rast, que faz sua primeira temporada completa na categoria, é o oitavo, apoiado por quatro top 6 em sete provas até aqui.

Leia também:

A situação do brasileiro vem ainda no momento em que Robin Frijns, da Virgin, que usa trens de força da Audi, ocupa a liderança do campeonato, enquanto seu companheiro, o novato Nick Cassidy, é o 17º.

Após o ePrix de Mônaco, onde terminou na décima posição, Di Grassi foi pedido para avaliar sua situação no campeonato antes da pausa até a rodada dupla na cidade de Puebla, no México, marcada para o próximo final de semana, nos dias 19 e 20 de junho, falando ao Motorsport.com que era seu pior início em uma campanha.

"Provavelmente a pior metade de ano que já tive na minha carreira".

O brasileiro passou dos karts para as categorias de monopostos na Fórmula Renault 2.0 brasileira e foi o vice-campeão, perdendo o título para Sergio Jimenez, atual piloto da Stock Car e campeão do Jaguar I-Pace eTrophy.

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

O campeão da temporada 2016-17 chegou próximo de vencer a primeira corrida da rodada dupla do ePrix de Roma, o que teria encerrado um jejum que vem desde a sua última vitória, no ePrix de Berna, em maio de 2019. Mas uma falha no eixo de transmissão forçou o abandono quando liderava a corrida, a apenas três voltas do fim.

Por outro lado, o trem de força Audi e-tron FE07 já provou seu valor em termos de ritmo, com di Grassi escalando uma média de nove posições em cada uma das cinco corridas que terminou neste ano.

"O que frustrante é que o ritmo de corrida é realmente bom. Se você olhar para o ritmo puro nas corridas, estamos entre os mais rápidos, na média com os demais. Em Roma, tivemos o azar com a confiabilidade".

"Em Valência, comecei do fundo, porque tinha uma punição de Roma. E em Mônaco eu novamente comecei no fundo. Preciso trabalhar mais na classificação, o carro também precisa estar melhor na classificação. Precisamos trabalhar juntos".

Di Grassi luta ainda por uma vaga no grid para a próxima temporada, com a Audi próxima de sair do campeonato no final da temporada atual. 

Mas Di Grassi diz que tem "100% de certeza" de que tem condições de vencer uma das oito corridas restantes na temporada, com rodadas duplas em Puebla, no México, Nova York, Londres e Berlim.

"Se largar entre os seis primeiros, definitivamente poderemos lutar por vitórias. Com esse tipo de ritmo, é frustrante ter tão poucos pontos".

"Mas, olhando por outro lado, estávamos nesta posição em 2017-18 e conseguimos escalar a classificação terminando com o vice".

"Não vamos desistir nunca. Vamos dar o nosso melhor. A Fórmula E é muito imprevisível. Temos ainda oito corridas pela frente e vamos vencer algumas neste ano. Tenho 100% de certeza".

Félix da Costa diz que Marko é "MATADOR" implacável e fala sobre 'CHANCE PERDIDA’ na F1

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #110 - Erro de Hamilton mostra um campeão sob pressão?

 

 

compartilhar
comentários
Fórmula E tem plano "muito agressivo" para introduzir categoria elétrica de acesso

Artigo anterior

Fórmula E tem plano "muito agressivo" para introduzir categoria elétrica de acesso

Próximo artigo

Fórmula E revela traçado do ePrix de Puebla, usando parte do oval da pista

Fórmula E revela traçado do ePrix de Puebla, usando parte do oval da pista
Carregar comentários