F-E: Da Costa conquista pole para o ePrix de Mônaco em dia complicado para os líderes

Top 4 foi separado por apenas 0s059, enquanto o líder do Mundial, Nyck de Vries, sai apenas em 23º

F-E: Da Costa conquista pole para o ePrix de Mônaco em dia complicado para os líderes
Carregar reprodutor de áudio

Este sábado marca o retorno da Fórmula E ao principado de Mônaco após dois anos, seguindo o padrão de realizar o ePrix em anos ímpares. E em uma classificação bem disputada, a pole position ficou com o atual campeão António Félix da Costa, enquanto os quatro primeiros ficaram separados por apenas seis centésimos.

O piloto da DS Techeetah chegou a Mônaco em busca de mostrar resultados após perder uma vitória esperada no ePrix de Valência, usando sua volta no terceiro grupo para garantir a vaga na super pole.

Leia também:

Na super pole, ele fez 01min31s317 para liderar a tabela de tempo, mantendo-se na ponta para garantir sua sexta pole na categoria por apenas 0s012 de vantagem. 

Robin Frinjs, da Envision, terceiro no campeonato, foi o mais rápido na fase de grupos e abriu a volta bem próximo de Da Costa, apenas 0s002 acima no primeiro setor, mas acabou cedendo um décimo no segundo setor, para terminar em terceiro.

Frijns terminou a frente de Mitch Evans, que liderou o treino livre, e de Jean-Éric Vergne, em quarto, a apenas 0s059 de seu companheiro de DS Techeetah.

Maximilian Gunther já foi bem mais lento com a BMW Andretti. O vencedor de 2 ePrix teve um superaquecimento de pneus na primeira metade e sofreu com a falta de tração, para terminar em quinto, a 0s722 do tempo do português.

Mas o alemão ainda terminou a super pole a frente de Oliver Rowland, da Nissan. O britânico chegou a fazer um tempo que lhe daria a quinta posição, mas sua volta foi excluída por ter saído dos boxes após o fechamento do pit lane.

Completaram o top 10 Nick Cassidy, Pascal Wehrlein, Alex Lynn e Norman Nato, que recebeu uma punição de duas posições por um incidente envolvendo Sérgio Sette Câmara no segundo treino livre durante uma bandeira vermelha.

O brasileiro da Dragon não teve uma boa sessão, batendo na última curva enquanto fazia sua volta rápida e, com isso, não conseguiu marcar tempo, largando da última posição. Neste final de semana, ele estreia o Penske EV-5, novo carro da Dragon.

Já Lucas di Grassi foi apenas o 17º apesar de participar do treino no quarto e último grupo quando as condições da pista são melhores que nas anteriores.

Enquanto isso, à exceção de Frijns, os primeiros colocados do campeonato tiveram uma classificação difícil. Stoffel Vandoorne e Sam Bird, da Mercedes e da Jaguar, dividirão a oitava fila, enquanto o outro piloto da Mercedes, o líder Nyck de Vries, teve problemas com seu carro e sai ao lado de Sette Câmara, na 23ª posição.

O ePrix de Mônaco acontece neste sábado às 10h30, com transmissão pela TV Cultura e o SporTV.

ThePlayer.com, a maior comunidade de apostas esportivas do mundo, está lançando o Desafio F1, o fantasy game que promete agitar a internet e distribuir muitos prêmios.

Para participar, basta se inscrever no ThePlayer.com e entrar na página do Fantasy, clicando aqui. Os vencedores serão conhecidos durante o programa PÓDIO MOTORSPORT, transmitido ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube.

F1 AO VIVO: Veja os DESTAQUES dos treinos livres para o GP da Espanha, em Barcelona | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #103: TELEMETRIA - Tudo sobre o GP da Espanha com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
F-E atualiza regulamento para evitar abandono em massa em Mônaco; entenda
Artigo anterior

F-E atualiza regulamento para evitar abandono em massa em Mônaco; entenda

Próximo artigo

F-E: Da Costa tem grande vitória em Mônaco com ultrapassagem em cima de Evans na última volta

F-E: Da Costa tem grande vitória em Mônaco com ultrapassagem em cima de Evans na última volta