F-E: Vergne aproveita problema mecânico de Di Grassi e vence a primeira corrida da rodada dupla do ePrix de Roma

Prova deste sábado na capital italiana começou sob o safety car devido a uma fraca chuva que caia em cima da pista

F-E: Vergne aproveita problema mecânico de Di Grassi e vence a primeira corrida da rodada dupla do ePrix de Roma

Depois de uma manhã movimentada, o grid da Fórmula E voltou à pista de Roma para o primeiro de dois ePrix na capital italiana. E em uma prova que começou sob o safety car por conta da chuva, mas que acabou muito movimentada, a vitória ficou com o bicampeão Jean-Éric Vergne, que aproveitou um problema mecânico de Lucas di Grassi para assumir a ponta e um safety car para não ser ameaçado pela dupla da Jaguar.

As primeiras sessões do dia da F-E foram muito atribuladas, com um grande acidente causado por Oliver Turvey no TL1, com o cancelamento do segundo treino livre por conta de um problema na zebra da curva 12, e pela batida de Oliver Rowland na disputa da Super Pole, que lhe custou a pole position, que acabou ficando com Stoffel Vandoorne, da Mercedes.

Leia também:

Vandoorne teve ao seu lado na largada Andre Lotterer, da Porsche, enquanto Lucas di Grassi saiu da quarta posição, enquanto Sérgio Sette Câmara foi apenas o 16º para essa primeira edição do ePrix de Roma no novo traçado do circuito italiano.

Com a chuva caindo fraco sobre o circuito de Roma, a largada foi feita com o safety car, marcando a estreia do Mini como o novo carro de segurança, dividindo a função com a BMW ao longo da temporada 2020-21.

O carro de segurança saiu após cinco minutos, com 40 ainda no cronômetro. Vandoorne começou a ser pressionado por Lotterer, enquanto ambos abriam para Rowland, em terceiro.

Os dois pilotos se encontraram ainda na primeira volta, abrindo caminho para Rowland pular para a ponta, com di Grassi subindo para segundo e já sofrendo pressão de Vergne, em terceiro. Lotterer voltou à pista em sétimo, enquanto Vandoorne caiu para 11º.

 

Rowland foi punido com um drive through por excesso de uso de potência sob o safety car e rapidamente foi cumprir a punição, abrindo caminho para o brasileiro assumir a ponta enquanto era muito pressionado por Vergne, que estreia neste final de semana o novo trem de força da Techeetah.

Sette Câmara enfrentava problemas com sua Dragon, que parou no meio da pista. O brasileiro conseguiu religar o carro, mas já havia caído para o fundo do grid e, posteriormente, tomou também um drive through.  Mais à frente, as duplas da Porsche, Wehrlein e Lotterer, e Jaguar, Bird e Evans, protagonizavam uma intensa disputa pela quinta posição, com Wehrlein levando a melhor.

Na disputa pela vitória, Vergne foi o primeiro a ativar o primeiro modo ataque, caindo para quinto, já que o grid estava muito compacto, com o primeiro e o décimo separados por apenas cinco segundos.

Di Grassi pegou a potência extra com 20 minutos para o fim, caindo para terceiro, atrás de Vergne, já sem o primeiro modo ataque e Frinjs, ativando pela segunda vez logo na sequência.

Vergne passa De Vries e assume a ponta a 12 minutos do fim e Di Grassi tenta mergulhar junto, mas acaba ficando sem espaço e dá um toque na Mercedes do holandês, dando espaço para o piloto da Techeetah abrir vantagem na ponta, forçando o brasileiro a correr atrás do prejuízo com seus dois minutos finais de modo ataque. O toque foi colocado sob investigação.

A potência extra de Di Grassi chegou ao fim com 10 minutos no cronômetro, deixando-o em uma disputa com igualdade de condições com Vergne pela ponta, enquanto De Vries e Bird se aproximavam com a ajuda do modo ataque.

Com seis minutos para o fim, Di Grassi passou Vergne, mas ficou na ponta por poucos minutos. O brasileiro perdeu potência com sua Audi e acabou caindo em meio a uma grande corrida. E em meio a tudo isso, Vandoorne perdeu o controle de sua Mercedes, indo parar no muro.

 

Com a ativação da bandeira amarela e, posteriormente, do safety car, Vergne cruzou tranquilamente a linha de chegada para vencer o primeiro ePrix de Roma do final de semana. Sam Bird e Mitch Evans, da Jaguar completaram o pódio, enquanto Frijns, Buemi, Rast, Wehrlein, Lynn, Lotterer e Günther completaram o top 10. Sérgio Sette Câmara foi o 16º, mas subiu para 15º devido à punição de Lotterer pelo toque em Vandoorne no começo da prova.

A Fórmula E volta à pista de Roma no domingo para o segundo ePrix na capital italiana. O único treino livre acontece às 2h, o classificatório às 4h e a corrida às 8h, todos no horário de Brasília. As transmissões serão feitas pela TV Cultura e o SporTV.

Cla   # Piloto Equipe Voltas Tempo Diferença Pontos
1   25 France Jean-Eric Vergne China Techeetah 24 48'47.177    
2   10 United Kingdom Sam Bird United Kingdom Jaguar Racing 24 48'47.638 0.461  
3   20 New Zealand Mitch Evans United Kingdom Jaguar Racing 24 48'47.933 0.756  
4   4 Netherlands Robin Frijns United Kingdom Virgin Racing 24 48'48.211 1.034  
5   23 Switzerland Sébastien Buemi France DAMS 24 48'50.319 3.142  
6   33 Germany René Rast Germany Audi Sport Team Abt 24 48'50.711 3.534  
7   99 Germany Pascal Wehrlein Germany Porsche Team 24 48'51.095 3.918  
8   94 United Kingdom Alex Lynn India Mahindra Racing 24 48'52.897 5.720  
9   28 Germany Maximilian Gunther United States Andretti Autosport 24 49'05.473 18.296  
10   37 New Zealand Nick Cassidy United Kingdom Virgin Racing 24 49'05.940 18.763  
11   88 United Kingdom Tom Blomqvist United Kingdom NIO Formula E Team 24 49'06.266 19.089  
12   71 France Norman Nato Monaco Venturi 24 49'07.222 20.045  
13   22 United Kingdom Oliver Rowland France DAMS 24 49'07.447 20.270  
14   6 Switzerland Nico Müller United States Dragon Racing 24 49'08.332 21.155  
15   7 Brazil Sergio Camara United States Dragon Racing 24 49'08.592 21.415  
16   36 Germany Andre Lotterer Germany Porsche Team 24 49'10.164 22.987  
  dnf 17 Netherlands Nick de Vries Germany Mercedes 21 39'31.042 3 Laps  
  dnf 11 Brazil Lucas di Grassi Germany Audi Sport Team Abt 21 39'33.566 3 Laps  
  dnf 5 Belgium Stoffel Vandoorne Germany Mercedes 21 39'33.905 3 Laps  
  dnf 13 Portugal Antonio Felix da Costa China Techeetah 20 38'51.061 4 Laps  
  dnf 27 United Kingdom Jake Dennis United States Andretti Autosport 17 32'42.715 7 Laps  
  dnf 48 Switzerland Edoardo Mortara Monaco Venturi 10 21'22.602 14 Laps  
  dnf 29 United Kingdom Alexander Sims India Mahindra Racing 2 5'26.833 22 Laps  
  dnf 8 United Kingdom Oliver Turvey United Kingdom NIO Formula E Team 0 0.000    

NELSON PIQUET e Nelsinho dão DETALHES de equipe na Stock; veja como será a 'versão Lauda' de Nelsão

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Um sorriso mesmo sem vitória? Quais são os pilotos mais carismáticos da F1, mesmo sem grandes resultados?

 

compartilhar
comentários
F-E: FIA pede que equipes revisem sistema de freios após acidente de Mortara em Diriyah

Artigo anterior

F-E: FIA pede que equipes revisem sistema de freios após acidente de Mortara em Diriyah

Próximo artigo

F-E: Confira o resultado final do ePrix de Roma, com vitória de Vergne

F-E: Confira o resultado final do ePrix de Roma, com vitória de Vergne
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Guilherme Longo