Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
55 dias
IndyCar
R
Birmingham
16 abr
Próximo evento em
77 dias
R
Long Beach
16 abr
Canceled
Stock Car Brasil MotoGP
25 mar
Próximo evento em
55 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed

Magnussen deve correr com Cadillac da Ganassi na temporada 2021 da IMSA

compartilhar
comentários
Magnussen deve correr com Cadillac da Ganassi na temporada 2021 da IMSA
Por:

Segundo apurado pelo Motorsport,com, a negociação do piloto com a Ganassi para a Indy rendeu a vaga na IMSA

Após a Haas anunciar que não renovaria com Romain Grosjean e Kevin Magnussen para a temporada 2021 da Fórmula 1, os dois pilotos começaram a olhar para fora do Mundial para o futuro, vendo o automobilismo norte-americano com bons olhos. E o dinamarquês pode estar próximo de seguir os passos do pai.

Segundo apurado pelo Motorsport.com, Magnussen, de 28 anos, deve ser um dos pilotos titulares do Cadillac DPi-V.R que a Ganassi terá na principal classe da IMSA, principal categoria de endurance dos Estados Unidos.

Leia também:

O futuro de Magnussen tem sido o foco de muita especulação desde a confirmação da saída da Haas no mês passado e seu pai, Jan Magunussen, que gerencia a carreira do filho, o aconselhou a buscar oportunidades na Indy e no WEC.

Porém, com o WEC passando por um "ano de transição" em 2021, com a introdução dos hipercarros, Magnussen não achou que o cenário de carros esportivos na Europa tinha uma oportunidade interessante.

Enquanto isso, ele chegou a abordar praticamente todas as equipes da Indy que ainda tinham vagas em aberto em outubro, mas os donos buscavam nomes que pudessem trazer patrocínios.

Isso deixou Magnussen sem uma opção óbvia já que sua principal patrocinadora, a empresa Jack & Jones, do ramo de moda, não tem histórico nos Estados Unidos, e sua empresa-mãe, a canadense Bestseller, entrou com pedido de falência no meio do ano.

Mas a abordagem do dinamarquês à Chip Ganasse levou ao programa da marca no IMSA, que ficou adormecido neste anos após o fim da bem-sucedida parceria com a Ford na classe GT Le Mans.

Jan Magnussen não respondeu aos pedidos do Motorsport.com de resposta sobre o caso.

Magnussen, que foi campeão da temporada 2013 da Fórmula Renault 3.5, fez sua estreia na F1 em 2014 com a McLaren, conquistando um segundo lugar em sua estreia, no GP da Austrália. Ele ainda teria mais 11 provas no Top 10 naquele ano, terminando em 11º no Mundial.

Porém, ele passou a ser piloto reserva em 2015, abrindo espaço para a chegada de Fernando Alonso, e foi liberado pela equipe no final daquele ano.

Magnussen passou uma temporada com a Renault antes de assinar com a Haas para a temporada de 2017, chegando ao nono lugar no Mundial de Pilotos no ano seguinte.

Com a Wayne Taylor Racing optando por uma limpa entre seus pilotos com a mudança de Cadillac para Acura na próxima temporada, isso significa que Ryan Briscoe e Renger van der Zande estão disponíveis para fechar um trio com o dinamarquês.

Apesar da associação de sete anos de Briscoe com a Ganassi, três na Indy e quatro em carros esportivos, o Motorsport.com apurou que van der Zande será confirmado como o segundo piloto titular no Cadillac da Ganassi. O holandês de 34 anos ajudou a Wayne Taylor a vencer duas 24 Horas de Daytona e dois Petit Le Mans.

O hexacampeão da Indy com a Ganassi Scott Dixon deve se juntar a Magnussen e Van der Zande nas quatro provas de longa duração do IMSA: 24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e Petit Le Mans.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

PODCAST: Carro da Mercedes diminui mérito de Hamilton no hepta? Ouça debate

 

Com título, Castroneves encerra carreira de 21 anos na Penske em grande estilo

Artigo anterior

Com título, Castroneves encerra carreira de 21 anos na Penske em grande estilo

Próximo artigo

Magnussen confirma ida à IMSA em 2021 com Ganassi

Magnussen confirma ida à IMSA em 2021 com Ganassi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , IMSA
Pilotos Kevin Magnussen
Equipes Chip Ganassi Racing , Haas F1 Team
Autor David Malsher