MotoGP
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
R
GP de Teruel
23 out
Próximo evento em
22 Horas
:
21 Minutos
:
02 Segundos
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
14 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
21 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
28 dias

Espargaró e Miller lamentam vitória que escapou na última curva na Estíria: "Fiquei em choque quando vi Oliveira passando"

compartilhar
comentários
Espargaró e Miller lamentam vitória que escapou na última curva na Estíria: "Fiquei em choque quando vi Oliveira passando"
Por:
Co-autor: Germán Garcia Casanova

Miller ainda agradeceu a equipe médica que trabalhou em seu ombro após a queda no último treino livre do sábado

A disputa pela vitória do GP da Estíria da MotoGP parecia que estava entre Pol Espargaró da KTM e Jack Miller da Ducati, até a última curva da última volta da prova, quando os dois se encontraram e espalharam, abrindo espaço para a vitória de outra KTM, do português Miguel Oliveira. Após a corrida, ambos lamentaram a chance desperdiçada.

Espargaró e Miller assumiram a ponta após a relargada e protagonizaram uma ótima disputa pela liderança com trocas de posições até a chegada da última curva.

Leia também:

O espanhol da KTM disse que foi forçado a fazer uma dura defesa na última volta, devido à força da Ducati em frenagem e aceleração.

"Quando eu cruzei a linha de chegada, eu vi na minha placa '+0s', então eu não sabia qual era a distância que eu tinha para Jack", disse Espargaró. "Eu só precisava bloquear o lado de dentro da curva. Talvez eu tenha bloqueado um pouco demais. Mas eu precisava fazer isso, especialmente com a Ducati, que tem uma frenagem e aceleração forte".

"É uma questão de quem queria mais vencer. Com certeza dói porque no final não vencemos, demos ela a Miguel. No final, o que importa é que tivemos uma disputa boa, limpa, até o final. Gostamos disso".

Já Miller, que voltou a subir ao pódio da MotoGP, lembrou de sua lesão no ombro, ocorrida no dia anterior, devido a uma queda no último treino livre.

"O meu objetivo não era pensar muito nisso, e hoje foi um dia especial", disse Miller. "Sinto por Joan Mir. Na primeira parte, pilotou como um campeão, não tinha condições de segui-lo. Ele teria vencido a prova, então lamento por ele".

"Também quero agradecer aos médicos por me ajudar. Trabalhamos até as 11 da noite em meu ombro, hoje me levantei às 7 para fazer uma ressonância e não teria feito isso sem a equipe médica".

Miller, que ficou surpreendido com a chegada de Oliveira, viu a vitória escapando de suas mãos.

"Não o esperava, não me dei conta que ele estava tão próximo. Contava que minha luta era com Pol. Fiquei em choque quando vi ele passando. Pelo menos ficou com a Tech3. Eles se deram bem com a mudança", disse, em referência à mudança da Tech3, de Yamaha para KTM, ocorrida em 2019.

VÍDEO: Veja a verdade sobre o início da treta de Nelson Piquet e imprensa

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair se sua equipe na F-E?

 

MotoGP: Viñales ignorou diretriz de fornecedora e usou freios desatualizados no GP da Estíria; relembre acidente

Artigo anterior

MotoGP: Viñales ignorou diretriz de fornecedora e usou freios desatualizados no GP da Estíria; relembre acidente

Próximo artigo

Dovizioso detona situação fora de controle da Michelin na MotoGP: "Eles não conseguem fazer compostos iguais"

Dovizioso detona situação fora de controle da Michelin na MotoGP: "Eles não conseguem fazer compostos iguais"
Carregar comentários