Mamola: Márquez poderá dominar MotoGP como Rossi

Em sua coluna, ex-piloto das 500cc elogia incrível temporada do recém coroado campeão da MotoGP

Mamola: Márquez poderá dominar MotoGP como Rossi
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Podium: race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team
Race winner Marc Marquez, Repsol Honda Team

O domínio de Marc Marquez em 2016 é de se tirar o chapéu.

A forma como ele lidou com o campeonato até aqui e a maneira como garantiu o título foram perfeitos. Desde o início, com uma moto difícil, que não era páreo para a Yamaha ou mesmo para a Ducati, passando pelo alívio de vencer duas das três primeiras corridas (Argentina e Austin), com a defesa da vantagem de pontos até o meio da temporada, e culminou quando a Honda começou a ter o desempenho da maneira que queria.

Conquistar o título com três corridas de antecedência com uma forma tão convincente merece todo o reconhecimento para o garoto que cresceu e mostrou enorme maturidade para alguém que tem apenas 23 anos.

Marc concorre com Valentino Rossi e Jorge Lorenzo, dois dos maiores pilotos de todos os tempos, e apesar de ser muito mais jovem do que eles e com equipamento inferior, cometeu menos erros do que a dupla da Yamaha.

A clarividência de sua abordagem e sua execução impecável o torna uma referência a partir de agora.
Lorenzo venceu o campeonato em 2015 na última corrida (Valência). Márquez conseguiu a vantagem desde o verão e a fez crescer até a coroação em Motegi.

Para dar uma dimensão real, vamos voltar há alguns meses.

Estamos no GP da Itália. Depois de sair da última curva na liderança e perder a prova para Lorenzo devido à falta de velocidade de sua moto, alguém achou que um resultado como este era possível? Eu não sabia, pelo menos.

O que acontece é que, basicamente, estamos vivendo uma época da MotoGP que é semelhante ao da Fórmula 1, em que o desenvolvimento do carro tem uma influência fundamental no resultado final.

Quanto ao componente humano, vimos um Marc muito maduro, mas, ao mesmo tempo, alguém que não se afastou das brigas, que felizmente para os fãs é o que ele mais gosta.

Vimos isso no Japão, onde se sentia muito forte e aceitou a batalha contra Valentino, a quem ele não só venceu, mas também levou ao limite, até sua queda. Se ele pôde fazer isso era porque tinha uma boa moto.

Se a Honda trabalhar corretamente no próximo ano e se Marc continuar competindo sabiamente como fez em 2016, podemos estar testemunhando o início de uma era semelhante à de Valentino Rossi entre 2000 e 2005.

Também é verdade que a competição atual não é a mesma como nessa época, e eu não consigo ver Lorenzo, Rossi, Vinales ou Pedrosa felizes em ser apenas o segundo colocado.

compartilhar
comentários
Dez anos após título, Hayden substitui Pedrosa na Honda
Artigo anterior

Dez anos após título, Hayden substitui Pedrosa na Honda

Próximo artigo

Márquez x Rossi: compare números aos 23 anos

Márquez x Rossi: compare números aos 23 anos
Carregar comentários