MotoGP
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
23 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
10 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
17 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
24 dias

Mir: "No domingo, me sinto o mais forte de todos. Mas isso não se repete no fim de semana inteiro"

compartilhar
comentários
Mir: "No domingo, me sinto o mais forte de todos. Mas isso não se repete no fim de semana inteiro"
Por:

Piloto da Suzuki saiu de 11º para terminar em segundo no GP da Emilia Romagna

Segundo no GP da Emilia Romagna da MotoGP, disputado neste domingo em Misano, Joan Mir parece crescer durante as corridas com sua Suzuki, que exibe uma grande forma. Mas para o piloto espanhol, falta repetir essa boa performance ao longo do fim de semana para obter melhores resultados.

Mir teve uma classificação decepcionante e largou em 11º hoje. Mas seu ritmo de corrida o levou a escalar o pelotão, terminando atrás apenas de Maverick Viñales. Ele conseguiu inclusive se aproximar e passar Fabio Quartararo e Pol Espargaró, que vinham em uma grande disputa pelo segundo lugar até então.

Leia também:

"Estou contente com a corrida. Sabia que tinha um bom ritmo e joguei minhas cartas. No início, tentei fazer muitas ultrapassagens, mesmo que a Ducati e a KTM sejam mais difíceis. Depois, com pista limpa, comecei a acelerar, mas achava que os rivais estavam longe. Nas voltas finais, consegui chegar e passar Quartararo".

"Fiquei uma volta atrás dele e vi como ele travou. Nas Curvas 1 e 2 abri um pouco mais que o normal e fui. Depois vi que Espargaró estava com dificuldades nas curvas esquerdas por causa do pneu. Nesse ponto, tentei passá-lo o mais rápido possível".

Mir explicou porque a Suzukis sofrem tanto em pistas de muita aderência, enquanto os rivais conseguem se aproveitar.

"Temos problemas quando encontramos muita aderência nas pistas. As outras motos sabem explorar isso melhor do que nós na classificação. Penso que podemos encontrar isso em Barcelona. É algo que podemos melhorar".

Na corrida, Mir sempre prova ser um dos mais fortes, se não o mais, dada a ausência de Márques. Porém, ele tem consciência de que deveria dar passos mais decisivos, tantos nos treinos livres quanto nos classificatórios.

"No domingo, me sinto o piloto mais forte de todos. Mas isso não acontece no fim de semana inteiro. Estamos perdendo algo. Existem pilotos como Quartararo, Viñales, Bagnaia e as KTMs que são muito fortes nos treinos e temos que melhorar nesse aspecto".

Entenda como Max Verstappen pode sair da Red Bull antes do fim de seu contrato

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

.

Rossi: "Não estou rápido o suficiente para lutar pelo título"

Artigo anterior

Rossi: "Não estou rápido o suficiente para lutar pelo título"

Próximo artigo

Márquez: pilotos lesionados são "passageiros" em moto "exigente" da Honda na MotoGP

Márquez: pilotos lesionados são "passageiros" em moto "exigente" da Honda na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP Emilia-Romagna
Sub-evento Race
Pilotos Joan Mir
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Autor Giacomo Rauli