MotoGP: Bagnaia dedica pole em Austin ao "professor" Miller

Australiano orientou o companheiro de equipe sobre como enfrentar o primeiro setor da pista, que o trouxe dificuldades

MotoGP: Bagnaia dedica pole em Austin ao "professor" Miller

Francesco Bagnaia conquistou a sua terceira pole consecutiva na MotoGP em Austin para a etapa das Américas deste domingo (3), e o piloto da Ducati agradeceu ao companheiro de equipe Jack Miller por lhe ter explicado, no TL4, como fazer contornar o primeiro sector da pista.

O italiano trabalhou muito na manhã do último sábado para mudar o acerto da da moto e encontrar harmonia, assim foi capaz de performar nos níveis vistos nos últimos fins de semana.

Leia também:

2:02.781, este é o tempo obtido por Pecco ao final de uma segunda tentativa espetacular que lhe permitiu alcançar o topo da classificação com uma margem de três décimos sobre Fabio Quartararo.

No final da sessão, Bagnaia explicou aos microfones da Sky Sports o que mudou entre os dias na garagem da Ducati para encontrar este desempenho.

"No início, nos perdíamos com a configuração porque tentávamos adaptar a moto. No TL4 decidimos voltar ao acerto usada em Misano e imediatamente senti-me muito melhor."

"É tudo uma questão de sentimento. Até a manhã do sábado tive que me encaixar, mas assim que encontrei a afinação que queria pude ir rápido", acrescentou.

Pecco deu os créditos da terceira pole consecutiva ao seu companheiro de equipe Miller. De manhã, o australiano foi seu "professor". O italiano acompanhou-o para entender como lidar com o primeiro setor da pista e a aula deu os efeitos desejados.

Francesco Bagnaia, Ducati Team

Francesco Bagnaia, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

"Também tenho que agradecer ao Jack que no TL4, parado na minha frente, me explicou como enfrentar o primeiro setor. Ele foi monstruoso naquele trecho durante todo o fim de semana. Tentei acompanhá-lo e imediatamente notei uma grande melhora."

O piloto da Ducati quis então sublinhar a mudança de mentalidade observada no sábado. No passado, as dificuldades de sexta-feira teriam se arrastado até domingo, enquanto nos dias de hoje a equipe conseguiu derrubar um começo complicado para colocar à disposição de Pecco uma moto que parecia ter sido feita para ele.

"Normalmente, quando o fim de semana começava mal, dificilmente podíamos consertá-lo. Agora conseguimos arrumar as coisas."

A felicidade pela pole foi ligeiramente mitigada pelo segundo tempo marcado por Quartararo e pelos pneus desconhecidos em antecipação à corrida de hoje. Precisamente neste último aspecto, Bagnaia mostrou-se bastante confiante, especialmente tendo em conta os tempos obtidos na última sessão de treinos livres.

"A incógnita de que pneu usar na corrida está presente, mas temos ideias. No TL4 mostramos um bom ritmo, embora ainda não estivesse 100% na minha moto. Eu estou realmente feliz."

EXCLUSIVO: JU CERASOLI revela detalhes em TRETAS de Hamilton e Verstappen que não são vistos na TV

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135: Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Bagnaia conquista terceira pole consecutiva e larga da ponta no GP das Américas
Artigo anterior

MotoGP: Bagnaia conquista terceira pole consecutiva e larga da ponta no GP das Américas

Próximo artigo

Petrucci detona comissão de segurança da MotoGP: "Pensam que estamos brincando"

Petrucci detona comissão de segurança da MotoGP: "Pensam que estamos brincando"
Carregar comentários