Relato do treino livre
MotoGP GP do Japão

MotoGP: Binder lidera sexta no Japão com quedas de Márquez e Quartararo; veja vídeos

De volta após o acidente em Mugello, Rins disputou os dois treinos, mas confirmou que não segue no fim de semana, Bradl assume moto da LCR Honda

Brad Binder, Red Bull KTM Factory Racing

A MotoGP iniciou nesta madrugada os trabalhos para o GP do Japão, 14ª etapa da temporada 2023. E na segunda sessão de treinos livres, que definiu os grupos para a classificação do sábado, Brad Binder foi o mais rápido, com direito ao novo recorde de Motegi, enquanto Marc Márquez e Fabio Quartararo caíram, tendo que encarar o Q1 no quali.

Na primeira sessão de treinos livres, o vice-líder, Jorge Martín, foi o mais rápido com um tempo de 01min45s192, 0s138 à frente de Augusto Fernández. O tempo veio no final de uma sequência bem-sucedida para o espanhol da Pramac, que está a apenas 13 pontos de Francesco Bagnaia no Mundial.

Leia também:

Primeiro, Martín tirou Bagnaia da liderança da tabela com 01min45s509, melhorando ainda mais sua marca nas duas voltas seguintes. Porém, nem tudo foram rosas para o espanhol. Ao errar a frenagem na curva 3, Martín foi para a brita e sofreu uma queda leve a nove minutos do fim.

Atrás de Fernández, Marco Bezzecchi foi o terceiro, a 0s318 de Martín, enquanto Bagnaia foi o quarto com 01min45s631, feito ainda no começo da sessão. Dando sequência ao bom ritmo exibido na Índia, Joan Mir foi o quinto com a Honda, apesar de uma queda na curva 5 durante a sessão.

Fabio Quartararo foi o nono, sendo o melhor da dupla da Yamaha, enquanto Marc Márquez foi o 13º. Já Álex Rins foi o 21º em seu retorno após o acidente em Mugello que o deixou com uma fratura na perna, ficando 2s3 atrás de Martín.

Confira o resultado final do TL1 da MotoGP em Motegi:

 
 
         
Driver Info
 
 
 
   
Cla Piloto # Moto Voltas Tempo Intervalo km/h Velocidade Máxima
1 Spain J. Martin Alma Pramac Racing 89 Ducati 16 1'45.192   164.305 311
2 Spain A. Fernandez Tech 3 37 KTM 19 +0.138 0.138 164.090 306
3 Italy M. Bezzecchi Team VR46 72 Ducati 17 +0.318 0.180 163.810 313
4 Italy F. Bagnaia Ducati Team 1 Ducati 18 +0.439 0.121 163.622 313
5 Spain J. Mir Repsol Honda Team 36 Honda 15 +0.493 0.054 163.538 310
6 South Africa B. Binder Red Bull KTM Factory Racing (MXGP) 33 KTM 17 +0.555 0.062 163.442 313
7 Spain M. Viñales Aprilia Racing Team Gresini 12 Aprilia 18 +0.627 0.072 163.331 313
8 Australia J. Miller Red Bull KTM Factory Racing (MXGP) 43 KTM 18 +0.710 0.083 163.203 311
9 France F. Quartararo Movistar Yamaha MotoGP 20 Yamaha 20 +0.760 0.050 163.126 309
10 Spain R. Fernandez RNF Racing 25 Aprilia 19 +0.774 0.014 163.105 310
11 France J. Zarco Alma Pramac Racing 5 Ducati 15 +0.826 0.052 163.025 312
12 Italy F. Morbidelli Movistar Yamaha MotoGP 21 Yamaha 20 +0.835 0.009 163.011 310
13 Spain M. Marquez Repsol Honda Team 93 Honda 19 +0.841 0.006 163.002 313
14 Italy F. Di Giannantonio Gresini Racing 49 Ducati 19 +0.968 0.127 162.807 308
15 Spain P. Espargaro Tech 3 44 KTM 15 +0.989 0.021 162.774 313
16 Portugal M. Oliveira RNF Racing 88 Aprilia 18 +1.006 0.017 162.748 312
17 Spain A. Espargaro Aprilia Racing Team Gresini 41 Aprilia 16 +1.037 0.031 162.701 312
18 United Kingdom C. Crutchlow Movistar Yamaha MotoGP 35 Yamaha 16 +1.110 0.073 162.589 312
19 Japan T. Nakagami LCR Honda 30 Honda 16 +1.142 0.032 162.540 308
20 Italy M. Pirro Ducati Team 51 Ducati 16 +1.940 0.798 161.329 307
21 Spain A. Rins LCR Honda 42 Honda 16 +2.395 0.455 160.647 311

Após fazer a estreia no GP de San Marino com Dani Pedrosa, a KTM trouxe seu novo chassi em fibra de carbono para Brad Binder e Jack Miller em Motegi. E isso reverteu em uma boa performance do sul-africano no TL2, liderando com direito ao novo recorde da pista.

Com o novo chassi oferecendo uma melhor aderência traseira na RC16, Binder deu o seu máximo com o pneu traseiro macio no fim da sessão para marcar 01min43s489, sendo quase 2s mais rápido que o melhor tempo do TL1, além de bater um recorde de oito anos de Jorge Lorenzo.

Mas Binder teve Bagnaia em sua cola por apenas 0s029, enquanto Aleix Espargaró completou o top 3, com todos superando a marca de Lorenzo, feita em 2015.

 

O Q1 da classificação do sábado contará com todos os três campeões da MotoGP anteriores à Bagnaia. Com quedas no TL2, Quartararo e Márquez ficaram de fora do top 10, enquanto Mir não conseguiu replicar o bom rendimento da sessão anterior.

O francês da Yamaha sofreu uma queda estranha, porém dura, na zebra na entrada da curva 6 na parte final da sessão. Já o incidente de Márquez ocorreu na curva 1 enquanto buscava uma posição no top 10, terminando apenas em 14º.

 

Rins completou apenas seis voltas com a LCR Honda, sofrendo para encontrar ritmo e força após seu longo afastamento. Com isso, a equipe confirmou que ele está fora do restante do fim de semana, sendo substituído por Stefan Bradl a partir de amanhã.

A MotoGP retorna à pista de Motegi na noite de sexta / madrugada de sábado para mais três sessões. Às 22h10 acontece o terceiro treino livre, seguido da classificação às 22h50 e corrida sprint às 03h, todas com transmissão da ESPN e do Star+.

Confira o resultado final do TL2 da MotoGP em Motegi:

 
 
         
Driver Info
 
 
 
   
Cla Piloto # Moto Voltas Tempo Intervalo km/h Velocidade Máxima
1 South Africa B. Binder Red Bull KTM Factory Racing (MXGP) 33 KTM 22 1'43.489   167.009 315
2 Italy F. Bagnaia Ducati Team 1 Ducati 22 +0.029 0.029 166.962 314
3 Spain A. Espargaro Aprilia Racing Team Gresini 41 Aprilia 20 +0.295 0.266 166.534 309
4 Spain J. Martin Alma Pramac Racing 89 Ducati 24 +0.354 0.059 166.439 313
5 Italy M. Bezzecchi Team VR46 72 Ducati 25 +0.456 0.102 166.276 315
6 Italy F. Di Giannantonio Gresini Racing 49 Ducati 21 +0.458 0.002 166.273 305
7 France J. Zarco Alma Pramac Racing 5 Ducati 21 +0.573 0.115 166.089 314
8 Spain M. Viñales Aprilia Racing Team Gresini 12 Aprilia 24 +0.628 0.055 166.001 314
9 Spain P. Espargaro Tech 3 44 KTM 19 +0.730 0.102 165.839 313
10 Australia J. Miller Red Bull KTM Factory Racing (MXGP) 43 KTM 23 +0.772 0.042 165.772 312
11 Portugal M. Oliveira RNF Racing 88 Aprilia 24 +0.828 0.056 165.683 313
12 Spain J. Mir Repsol Honda Team 36 Honda 21 +0.939 0.111 165.507 311
13 France F. Quartararo Movistar Yamaha MotoGP 20 Yamaha 21 +1.031 0.092 165.361 309
14 Spain M. Marquez Repsol Honda Team 93 Honda 23 +1.085 0.054 165.276 310
15 Italy F. Morbidelli Movistar Yamaha MotoGP 21 Yamaha 20 +1.168 0.083 165.145 311
16 United Kingdom C. Crutchlow Movistar Yamaha MotoGP 35 Yamaha 22 +1.220 0.052 165.063 311
17 Spain R. Fernandez RNF Racing 25 Aprilia 17 +1.322 0.102 164.902 309
18 Japan T. Nakagami LCR Honda 30 Honda 23 +1.439 0.117 164.718 309
19 Spain A. Fernandez Tech 3 37 KTM 24 +1.742 0.303 164.244 306
20 Italy M. Pirro Ducati Team 51 Ducati 22 +2.377 0.635 163.259 308
21 Spain A. Rins LCR Honda 42 Honda 6 +3.747 1.370 161.173 311

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast debate tensão interna na Mercedes e até quando Pérez 'sobrevive' na Red Bull

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte também do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Márquez faz mistério, mas revela que já definiu futuro
Próximo artigo MotoGP: Em meio a dúvidas sobre a permanência de Márquez, Honda anuncia reestruturação significativa da equipe

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil