MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
41 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
55 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
69 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
83 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
97 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
125 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
132 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
167 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
195 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
202 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
216 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
230 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
251 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
265 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
273 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
293 dias

MotoGP: Velocidade da Suzuki em curvas é assustadora, diz Miller

compartilhar
comentários
MotoGP: Velocidade da Suzuki em curvas é assustadora, diz Miller
Por:
4 de jun de 2019 12:00

Piloto australiano da Pramac teve boa disputa com Alex Rins, da montadora japonesa, durante o GP da Itália, disputado em Mugello

Após a etapa da Itália da MotoGP, o piloto australiano Jack Miller, da Pramac, disse que o espanhol Alex Rins o “assustou” com a velocidade da Suzuki nas curvas de Mugello. "Essa corrida foi muito divertida", disse Miller. "Foi um pouco assustadora em alguns pontos. Por exemplo, na primeira vez que Rins passou por mim, eu provavelmente tinha um metro de vantagem antes da tomada da curva, e ele foi capaz de passar e me assustou”.

A rápida GSX-RR de Rins saiu da 13ª posição no grid para disputar um lugar no pódio, terminando no quarto lugar, posição que o espanhol orbitava já na primeira volta, disputando com Miller. O australiano foi pego de surpresa, embora permanecesse com o grupo principal, batalhando com o rival da Suzuki.

Leia também:


O piloto da Pramac destacou que a vantagem de Rins nas curvas também permitiu ataques a outros pilotos: “Ele fez o mesmo com Andrea Dovizioso e até mesmo com Danilo Petrucci [ambos da Ducati], sendo bastante agressivo”.

Miller também salientou a boa disputa que teve com Marc Márquez, pentacampeão da Honda, na parte inicial da prova. “Marc e eu estávamos trocando um pouco de tinta lá. Foi muito divertido. Tudo muito inofensivo porque estávamos todos apenas tentando conservar o pneu o máximo que podíamos, mas com disputa”.

Miller permaneceu na contenda pela vitória até a 15ª volta, quando perdeu a moto saindo da curva Materassi enquanto perseguia Rins. "Quando eu soltei os freios, eu os liberei um pouco cedo e estava um pouco inclinado demais, e foi meio que o suficiente para cair. Tentei segurar a moto o máximo que pude no cotovelo, mas não deu. Foi uma pena. Mas mostramos que temos um grande potencial novamente”.

Jack Miller, Pramac Racing

Jack Miller, Pramac Racing

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
Rins: Eu tinha ritmo para vencer o GP da Itália, mas retas dificultaram

Artigo anterior

Rins: Eu tinha ritmo para vencer o GP da Itália, mas retas dificultaram

Próximo artigo

Viñales perdeu mais de 200 posições em largadas na MotoGP

Viñales perdeu mais de 200 posições em largadas na MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Itália
Sub-evento Race
Pilotos Jack Miller , Alex Rins , Francesco Bagnaia
Equipes Alma Pramac Racing
Autor Valentin Khorounzhiy