MotoGP: Chefe da Petronas acredita que Fabio Quartararo "deve se acalmar" para garantir melhores resultados

Segundo Razali, a combinação da falta de testes e de experiência do piloto resultaram nos problemas enfrentados em 2020

MotoGP: Chefe da Petronas acredita que Fabio Quartararo "deve se acalmar" para garantir melhores resultados

O chefe da equipe Yamaha Petronas SRT, Razlan Razali, se surpreendeu no ano passado, quando o time, no seu segundo ano na categoria da MotoGP, venceu as duas primeiras corridas da temporada e se viu no topo do campeonato. 

Fabio Quartararo, que seguia invicto até Jerez, foi perdendo o pé aos poucos e terminou o ano na oitava colocação.

Leia também:

O piloto francês conquistou uma terceira vitória, mas também experimentou um péssimo desempenho, que destacou a versatilidade da Yamaha 2020, administrada de formas distintas pelos três pilotos que a guiaram. Quartararo, ciente de que às vezes ficava muito dominado por suas emoções, encerrou a temporada anunciando sua intenção de seguir o conselho de um psicólogo para se concentrar melhor no futuro, caso tais situações ocorressem.

Questionado pelo GPOne sobre os problemas que seu piloto encontrou, RazIan Razali analisou as situações como “uma combinação devido à nova moto e à inexperiência de Fabio em situações de condução".

"Quando as coisas não iam bem, dava para ver na TV como o Fábio reage. Tem que se acalmar em certas situações. A moto dele tinha alguns pequenos problemas em comparação com a de Franco, que era, eu diria, mais experimentado e testado”, disse.

Enquanto Quartararo despencava na classificação, seu companheiro de equipe Franco Morbidelli seguia o caminho oposto. Vencendo três GPs entre setembro e outubro, garantiu o título de vice-campeão mundial, perdendo apenas para Joan Mir. Comprometido com a Petronas desde 2019, o italiano será a parte estável do time da Malásia este ano, tendo como novo companheiro de equipe Valentino Rossi.

"Frankie estará em seu terceiro ano conosco. Acho que o mais importante para ele é manter a calma e se divertir. Quando um piloto está feliz, ele é mais competitivo", disse o chefe da equipe. “O Frankie é o Frankie. Em 2020 ele nos surpreendeu, no segundo semestre ele foi mais concreto que o Fábio. Não esperávamos terminar em segundo lugar no campeonato, mas ele conseguiu e esperamos que possa lutar pelo título em 2021. "

"Uma moto ligeiramente diferente" para Morbidelli em 2021

O chefe da equipe Petronas afirma ter tentado uma motocicleta de última geração para a Morbidelli em 2021, como recompensa pelo desempenho na temporada passada. Apesar da tentativa ter sido em vão, o malaio acredita que melhorias irão enriquecê-lo.

"Quando Frankie venceu pela primeira vez em Misano, ele veio até mim e disse: 'Razlan, seria um erro não fazer isso. Podemos pressionar para que eu tenha uma motocicleta de fábrica no próximo ano? ' E assegurei-lhe que teria feito o meu melhor. Comecei a falar com a Yamaha, mas seria difícil conseguir, por muitos motivos. Pelo orçamento, pelas peças sobressalentes e por muitas outras coisas ”, explica.

"No entanto, estávamos garantidos de que haveria melhorias em sua moto. Morbidelli vai ter uma moto um pouco diferente", concluiu. 

 

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

 

LECLERC detalha como PILOTOS trabalham componente FUNDAMENTAL em um carro de F1

PODCAST: Chico Serra esclarece rivalidade com Piquet, amizade com Senna e briga com Raul Boesel

 

compartilhar
comentários
ANÁLISE: O "novo normal" que Márquez enfrentará em sua volta à MotoGP

Artigo anterior

ANÁLISE: O "novo normal" que Márquez enfrentará em sua volta à MotoGP

Próximo artigo

MotoGP: Suzuki sondou disponibilidade de Rossi pelo Facebook

MotoGP: Suzuki sondou disponibilidade de Rossi pelo Facebook
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Franco Morbidelli , Fabio Quartararo
Equipes Drive M7 SIC Racing Team
Autor Léna Buffa