MotoGP: Marc Márquez vai à pista pela primeira vez como piloto Ducati; veja vídeos

Estreia acontece no teste de pós-temporada em Valência após espanhol receber autorização da Honda

IMG_6277

Nesta terça-feira (28) tivemos o início de uma nova era na MotoGP. Após 11 temporadas defendendo a Honda, Marc Márquez fez sua estreia pela Ducati nos testes de Valência, em sua primeira ida à pista com a Desmosedici GP23 da equipe Gresini.

O hexacampeão da MotoGP fez sua estreia na categoria-rainha no próprio teste de Valência de 2012 com a Honda após o título da Moto2. Ao longo de 11 temporadas com a montadora japonesa, ele acumulou 59 vitórias.

Leia também:

Mas após o acidente no GP da Espanha de 2020, Márquez vem sofrendo para retomar aquela forma - primeiro por uma lenta e longa recuperação, marcada por múltiplas cirurgias, e depois devido à crise da Honda.

A crise atingiu seu ápice em 2023, com Márquez fazendo apenas um pódio entre os 20 GPs, além de um recorde de 29 quedas - cinco somente em um fim de semana, no GP da Alemanha, que deixaram seu futuro com a Honda em xeque.

Após o GP do Japão, ele informou a Honda que romperia seu contrato um ano antes e, consequentemente, assinou com a Gresini, para correr com uma Ducati da temporada anterior em 2024.

 

Márquez recebeu a permissão da Honda para guiar a Ducati no teste de pós-temporada em Valência nesta terça-feira, apesar de estar sob contrato até o fim do ano. Na sessão, o espanhol está com uma Gresini de pintura preta, diferente do azul tradicional da equipe, com especulações de que essa seria a moto de Johann Zarco na Pramac.

Bike of Marc Marquez, Gresini Racing MotoGP

Photo by: Lewis Duncan

Bike of Marc Marquez, Gresini Racing MotoGP

Devido à situação contratual com a Honda, Márquez não falará com a imprensa após os testes desta terça-feira.

O espanhol vai para a Gresini deixando para trás a maior parte de sua equipe técnica da Honda, levando consigo apenas o técnico de pneus Javi Ortiz. Seu novo chefe de time será Frankie Carchedi - que trabalhou com Fabio Di Giannantonio em 2023 e, anteriormente, com Joan Mir na Suzuki entre 2019 e 2022.

 

O teste de Valência marca também a estreia de Luca Marini na Honda no lugar de Márquez, além de Zarco na LCR, em seu retorno à marca japonesa. Franco Morbidelli vai para a Pramac Ducati enquanto Álex Rins ocupará sua vaga na Yamaha, enquanto Pedro Acosta fará sua estreia na MotoGP com a GasGas Tech3 e Di Giannantonio ira à pista pela primeira vez com a VR46.

Veja DEBATE sobre o GP de Abu Dhabi, que encerrou a F1 2023

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se GP de Las Vegas de fato teve sucesso

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Com Marini e Di Giannantonio confirmados, confira o grid completo da MotoGP 2024
Próximo artigo Márquez é quarto em estreia pela Gresini Ducati; Viñales lidera pós-temporada

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil