MotoGP
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
24 dias
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
38 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
52 dias
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
59 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
73 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
80 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
94 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
143 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
157 dias
R
GP de Aragón
25 set
-
27 set
Próximo evento em
172 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
206 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
221 dias
R
GP da Argentina
20 nov
-
22 nov
Próximo evento em
228 dias
R
GP de Valência
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
235 dias

MotoGP: Resultado de apelo contra Ducati deve sair semana que vem

compartilhar
comentários
MotoGP: Resultado de apelo contra Ducati deve sair semana que vem
Por:
22 de mar de 2019 21:37

Honda, Suzuki, Aprilia e KTM apelaram contra winglet usado pela equipe de Dovizioso no Grande Prêmio do Catar, que abriu a temporada

Após vitória de Andrea Dovizioso no GP do Catar, que abriu a temporada 2019 da MotoGP, quatro equipes fizeram apelo contra um aparato aerodinâmico utilizado pela Ducati no circuito de Losail. O resultado deve sair na próxima semana, podendo ocasionar a perda da vitória do piloto italiano.

A audiência relativa à questão ocorreu nesta sexta-feira, na sede da Federação Internacional de Motociclismo, na cidade suíça de Mies, de modo que um veredito deve sair na segunda ou na terça-feira. O Tribunal de Apelações foi constituído por Anand Sashidharan (Índia), Lars Nilsson (Suécia) e Sakari Vuorensola (Finlândia).

Eles ouviram argumentos da Ducati, que usou o winglet na parte traseira de sua moto após a aprovação do diretor técnico da MotoGP Danny Aldridge. Também foram ouvidas as equipes reclamantes: Honda, Suzuki, Aprilia e KTM.

Leia também:


A Ducati foi representada pelo chefe de tecnologia Gigi Dall'Igna e pelo diretor técnico Fabiano Sterlacchini, que tinha defendido a equipe no Catar. Alberto Puig (Honda), Davide Brivio (Suzuki), Massimo Rivola (Aprilia) e Mike Leitner (KTM) representaram as equipes que fizeram a acusação. Honda e KTM tinham um advogado cada, enquanto Aprilia e Suzuki tinham um compartilhado. Aldrige também participou via Skype.

O desfecho do caso permanece incerto, mas o sentimento entre as escuderias é que a posição de Aldridge – divulgada em 2 de março após o final dos testes de pré-temporada - torna mais difícil provar que o winglet da Ducati vai contra os regulamentos.

O que continua a ser provável, no entanto, é que os regulamentos devem ser alterados no futuro próximo para limitar ou erradicar este tipo de desenvolvimento aerodinâmico.

Representante da Aprilia, Rivola disse que o objetivo do recurso não é tirar a vitória de Dovizioso no Catar, apenas estabelecer a legalidade do winglet e uma nova regulamentação para essa parte aerodinâmica.

No entanto, o fato do dispositivo ter sido permitido com base na refrigeração do pneu traseiro pode abrir a porta para que peças sejam consideradas legais, mesmo que também gerem downforce, o que é teoricamente proibido pelas regras atuais.

Próximo artigo
Chefe da MotoGP sugere que F1 copie seu modelo de distribuição de dinheiro

Artigo anterior

Chefe da MotoGP sugere que F1 copie seu modelo de distribuição de dinheiro

Próximo artigo

KTM diz que mudar conceito inovador de chassi “não é opção”

KTM diz que mudar conceito inovador de chassi “não é opção”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso Compre Agora
Equipes Ducati Team Compre Agora
Autor Oriol Puigdemont