Últimas notícias

MotoGP: Sem Márquez e Mir, Honda fica fora do GP da Argentina

Marc Márquez se recupera de uma cirurgia na mão direita pós GP de Portugal e Joan Mir foi hospitalizado depois da queda na sprint de sábado; apenas 17 pilotos irão largar neste domingo

Joan Mir, Repsol Honda Team

Sem Honda na segunda corrida da etapa 2023 da MotoGP, na Argentina. Com Marc Márquez e Joan Mir fora do GP deste domingo, a equipe não terá representantes na prova principal em Termas de Río Hondo.

Leia também:

O campeão mundial de 2020 foi forçado a fazer uma corrida de recuperação na sprint de 12 voltas no sábado, depois de chegar em 18º na classificação. Na primeira volta da prova curta, Mir sofreu uma forte queda na curva 7 e precisou ser levado ao centro médico para um check-up.

Os exames iniciais não revelaram ferimentos graves, mas ele foi levado ao hospital em Santiago del Estero para mais uma 'olhada' em seu tornozelo direito. Apesar de não terem sido detectados danos graves, Mir – juntamente com a Honda – decidiu retirar-se do resto do fim de semana na Argentina para estar apto para o GP das Américas que acontece de 14 a 16 de abril.

Isso significa que nenhum piloto de fábrica da Honda estará presente no grid da MotoGP pela segunda vez em duas temporadas, tendo ficado sem representação no GP de Valência de 2021.

Uma breve declaração da Honda diz: “A Repsol Honda Team e Joan Mir decidiram juntos ficar de fora do restante do fim de semana do GP da Argentina para permitir que o #36 descanse e se recupere. Ele voltará para casa na Europa para continuar sua recuperação e estar totalmente preparado para o Grande Prêmio das Américas, de 14 a 16 de abril.

Joan Mir, Repsol Honda Team

Joan Mir, Repsol Honda Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

“Não foram detectadas lesões graves nos testes realizados no circuito e no hospital de Santiago del Estero, mas o piloto da Repsol Honda Team relatou desconforto e dor significativas após o forte impacto associado à queda.”

A equipe de fábrica da Honda já estava perdendo um piloto no GP da Argentina, depois que Marc Márquez foi forçado a ficar de fora por causa de uma fratura na mão que sofreu em um polêmico acidente com Miguel Oliveira no GP de Portugal.

Com a ausência de Mir, cinco pilotos em tempo integral agora vão perder o GP da Argentina deste ano, com lesões também forçando Pol Espargaró, Oliveira e Enea Bastianini a ficarem fora. 

Alex Márquez, da Gresini, largará da pole para o GP da Argentina desta tarde, enquanto o vencedor do sprint, Brad Binder, larga do 15º lugar. Apenas 17 pilotos largam na corrida deste domingo em Río Hondo, com isso, a categoria tem seu menor grid para uma prova deste a temporada 2011.  Naquele ano, foram duas provas em que apenas 15 pilotos largaram, enquanto na Austrália esse número caiu para 14.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Treinos que valem pontos? F1 vai 'longe demais' com entretenimento?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior MotoGP: Mir é hospitalizado com traumatismo craniano após queda na sprint da Argentina
Próximo artigo MotoGP: Bezzecchi vence primeira da carreira no chuvoso GP da Argentina; Bagnaia cai sozinho
Assinar