MotoGP
15 out
Evento encerrado
18 out
Evento encerrado
25 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
08 nov
Evento encerrado
22 nov
Evento encerrado

Negociação entre Ducati e Dovizioso para temporada 2021 esfria

compartilhar
comentários
Negociação entre Ducati e Dovizioso para temporada 2021 esfria
Por:
Co-autor: Lewis Duncan

Empresário de piloto italiano confirma que nenhuma proposta de renovação de atual time chegou até agora

O atual acordo de Andrea Dovizioso com a Ducati se encerra no final do ano, mas as discussões sobre um novo contrato estão paralisadas, já que ambas as partes discordam sobre o aspecto financeiro, com a Ducati sendo contra oferecer a ele outro acordo semelhante em meio ao cenário econômico, ocasionado pela pandemia do novo coronavírus.

Nas últimas semanas, especulações ligaram Dovizioso a uma possível mudança para a KTM em 2021, embora o chefe da marca austríaca, Pit Beirer, tenha negado isso, afirmando que sua intenção é manter todos os quatro pilotos atuais.

Leia também:

Em declarações ao Motorsport.com, a empresário de Dovizioso, Simone Battistella, disse: "No momento, não temos nenhuma proposta da Ducati.”

“Tudo vai depender do tom e da abordagem que a Ducati fará. Em outras palavras, a porcentagem do salário de Andrea a ser subtraído para 2021.”

Depois que Dovizioso conquistou seis vitórias em 2017 e terminou em segundo lugar na classificação, permanecendo como rival mais próximo de Marc Márquez nas temporadas da MotoGP desde então, seu contrato passou de um valor estimado de € 1,5 milhão (cerca de R$ 9,3 milhões) para € 6 milhões (aproximadamente R$ 37 milhões).

A Ducati gostaria de definir sua formação para 2021, tanto na equipe oficial como na satélite Pramac, no próximo mês, com a dupla de fábrica provavelmente tendo Dovizioso e Jack Miller, caso um acordo seja fechado com o italiano.

Se isso acontecer, o futuro de Petrucci será colocado em dúvida, com o boato de que ele troque a MotoGP pelo Mundial de Superbike com a Ducati.

Em entrevista ao Motorsport.com, Petrucci afirmou que seu foco principal ainda está na MotoGP, em que acredita que seja capaz de alcançar mais vitórias.

"Ainda não pensei nisso, também porque essa proposta não chegou até mim", disse ele quando perguntado sobre uma possível mudança ao Mundial de Superbike. “Mas acho que posso vencer na MotoGP. Não digo o campeonato, mas mostrei que spu capaz de vencer uma corrida e gostaria de fazer isso novamente.”

“Está claro que gostaria de continuar na MotoGP, mas com uma moto competitiva, para tentar lutar pelas primeiras posições. Se isso não for mais possível, terei que olhar em volta e talvez continuar na Ducati, mas na Superbike.”

"Digamos que prefiro me concentrar no 'Plano A', que é a MotoGP."

Live de Reginaldo Leme: histórias com Fittipaldi, Piquet, Senna e George Harrison

PODCAST: Interlagos 80 anos: templo do automobilismo ou apenas mais um circuito?

 

MotoGP: Os planos frustrados da Yamaha de fazer um teste secreto na Áustria

Artigo anterior

MotoGP: Os planos frustrados da Yamaha de fazer um teste secreto na Áustria

Próximo artigo

MotoGP descarta correr na Ásia com portões fechados e interromper GP caso paddock apresente casos de Covid

MotoGP descarta correr na Ásia com portões fechados e interromper GP caso paddock apresente casos de Covid
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso , Danilo Petrucci
Equipes Ducati Team
Autor Oriol Puigdemont