Pilotos da MotoGP falam sobre medidas de segurança após morte de Dean Viñales

Primo de Maverick sofreu acidente fatal na World Supersport 300; número de categorias de base e potência das motos juniores são temas de discussão

Pilotos da MotoGP falam sobre medidas de segurança após morte de Dean Viñales

O piloto da Ducati na MotoGP Jack Miller disse que as recentes atrocidades que causaram mortes de jovens nas categorias de base em 2021 "não podem continuar", após o acidente fatal de Dean Berta Viñales em Jerez. O piloto da World Supersport 300 - primo de 15 anos do espanhol da categoria rainha Maverick Viñales - morreu tragicamente na Superbike no fim de semana passado.

Ele é o terceiro adolescente em nível de campeonato mundial e europeu a morrer em 2021, depois do piloto da European Talent Cup, Hugo Millan, em julho, e de Jason Dupasquier na Moto3, em maio.

Leia também:

Esta tragédia recente gerou um debate sobre como o esporte de motociclismo pode impedir que tais eventos aconteçam no futuro, com limites de idade, reduções de grid e mudanças de motos nas categorias de base , todos discutidos.

A Dorna Sports - dona do MotoGP e WSBK - confirmou ao Motorsport.com no início desta semana que um grupo de trabalho dentro da empresa foi recentemente criado para debater estes assuntos.

Miller - que conhece um dos pilotos envolvidos no incidente de Viñales - diz que está "ficando doente" de assistir a momentos de silêncio durante os fins de semana de corrida e sente que as classes juniores devem mudar para impedir essas tragédias.

"Tivemos essa discussão na Moto3, mas mesmo no Supersport [300], essas motos não são muito rápidas e são tantas, e não são leves", disse ele em resposta a uma pergunta do Motorsport.com sobre a situação relativa às fatalidades de jovens pilotos.

"Com certeza é muito peso e há muitos deles no grid que, quando algo infelizmente dá errado, a chance de algo ruim acontecer é com certeza dobrada ou triplicada."

"A corrida é fantástica e acho que as classes são fantásticas. Eu acho que é bom ter uma classe feeder como a World Supersport 300 para ajudar esses jovens que podem não ter a chance de se sair bem na Moto3.

Jack Miller, Ducati Team

Jack Miller, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

"Tem que ser dado um grande passo para olhar para a segurança e a forma como essas corridas acontecem. Isso não pode continuar. Este ano foi especialmente ruim. Não podemos ter três filhos pequenos no espaço de nem mesmo nove meses perdendo suas vidas."

"Acho que falo em nome de todos ao dizer que estou ficando doente e cansado de ir a estes minutos de silêncio para crianças que eram tão, tão jovens."

O seis vezes campeão da MotoGP, Marc Márquez, acredita que a Dorna faz o seu melhor "para os proteger" em situações de tragédia, ao mesmo tempo que trabalha constantemente para melhorar a segurança. Ele sente que o maior problema é o grande número de categorias juniores nos dias modernos, o que só aumenta os riscos.

"A Dorna faz melhorias nos circuitos, nos macacões de couro e nos capacetes”, disse ele, quando questionado pelo Motorsport.com se sentiu que a categoria ofereceu apoio suficiente aos pilotos durante tempos de tragédia. "O risco sempre existirá. É verdade que, se compararmos a 20 anos atrás, agora há o dobro de divisões e o dobro de pilotos na pista."

"Quer dizer, trabalhar para encontrar jovens talentos significa mais categorias, mais pilotos na pista e mais risco. É algo difícil de administrar, mas uma das coisas que digo é o seguinte: temos muitas, muitas categorias. Todos os fins de semana temos corridas - GP, Superbikes, World Superbikes, Campeonato Europeu. Isso significa que há mais risco do que no passado, é claro."

A minutes silence to remember Jason Dupasquier

A minutes silence to remember Jason Dupasquier

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Aleix Espargaró, da Aprilia, ecoou as preocupações de Márquez sobre o número de divisões em que Moto4, Moto3 e Supersport 300 estão sendo disputadas.

Enquanto ele pensa que um aumento do limite de idade deve ser discutido, o espanhol também sente que os jovens pilotos devem ser forçados a gastar mais tempo aprimorando suas habilidades em minibikes muito mais seguras em pistas de karting.

"Não é apenas sobre o mínimo de 16 anos no campeonato mundial, porque não é tão ruim. Poderíamos até aumentar para 17, mas o problema é que você pode ir para uma pista grande como Barcelona com uma Moto4, que é quase Moto3, eu acho que com 12 anos."

"Isso, para mim, é pior. A escola das minibikes no kart [pistas] é boa, então talvez eles possam ficar mais tempo com elas, onde a velocidade é bem menor e dois pilotos podem sofrer um acidente juntos e nada acontecer. No passado, a popularidade dessa divisão era muito alta, mas agora todo mundo quer fazer a Moto4."

"Talvez esta seja uma solução também, porque talvez aí eu acho que os jovens podem aprender o mesmo ou talvez mais."

Após a morte de seu primo, Maverick Viñales decidiu ficar de fora do GP das Américas neste fim de semana - uma decisão que a Aprilia deu todo o seu apoio.

O atual campeão mundial Joan Mir diz que o gesto da equipe foi "apreciado" pelo resto do grid.

"Quando uma tragédia como essa acontece, eu vejo que todos sentem esse tipo de perda e nos mantemos juntos", disse o espanhol. "Isso é algo bom, porque pode acontecer com cada um de nós e é uma situação realmente difícil"

“Eu entendo perfeitamente que Maverick não se sinta bem em competir e a decisão da Aprilia é muito boa. Acho que os pilotos apreciam esse tipo de coisa e espero que isso não aconteça novamente."

HAMILTON se vê com ALVO NAS COSTAS e compara MAX/ALONSO: "Uns são capazes de controlar, outros não"

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #135: Vitória 100 de Hamilton na F1 chega em momento mais pressionado na carreira?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Marc Márquez lidera TL1 para o GP das Américas em Austin
Artigo anterior

MotoGP: Marc Márquez lidera TL1 para o GP das Américas em Austin

Próximo artigo

MotoGP: Márquez repete a dose no TL2 em Austin e é o melhor do dia

MotoGP: Márquez repete a dose no TL2 em Austin e é o melhor do dia
Carregar comentários