Pilotos da MotoGP não aprovam mudanças na comunicação

Marc Marquez, Cal Crutchlow e Bradley Smith não aprovam as mudanças na comunicação entre equipes e pilotos que a MotoGP está a desenvolvendo para o próximo ano

Pilotos da MotoGP não aprovam mudanças na comunicação
Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Marc Marquez, Repsol Honda Team in the pitlane
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Scott Redding, Octo Pramac Racing, Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3
Scott Redding, Octo Pramac Racing, Bradley Smith, Monster Yamaha Tech 3
Carregar reprodutor de áudio

Um novo sistema está sendo desenvolvido para dar a chefes de equipes cerca de 20 tipos de mensagens, incluindo informações sobre os rivais, que podem ser transmitidas aos seus pilotos.

Marc Marquez disse que é contra a ideia, já que considera que a capacidade do piloto para tomar suas próprias decisões "é uma das melhores coisas " da MotoGP.

"OK, nós temos uma equipe, mas na pista o piloto está sozinho e ele tem que tomar a decisão", disse Marquez.

"Por essa razão as equipes nos pagam para sermos os mais rápidos, para derrotar todos os tempos e para mim uma das coisas que eu não gosto na F1 é que na maioria das vezes as equipes têm muita influência sobre a corrida."

"Então, para mim, se você fizer as reuniões certas antes das corridas, se você for inteligente o bastante na moto, aliado à experiência, está tudo bem."

Futuro piloto da KTM, Bradley Smith concordou com Marquez.

"Não sou fã da ideia, ainda acho que o piloto como elemento capaz de fazer suas próprias escolhas e cálculos é que faz corridas muito mais interessantes."

Cal Crutchlow, também é contra os planos propostos.

"O problema é, como faço para enviar a mensagem de volta? É difícil enviar um texto", brincou.

"Sem problemas em ler alguma coisa, mas a informação é entre o piloto e o chefe de equipe, mais do que o chefe de equipe e o piloto."

"O que ele pode me dizer? Não sei o que eles podem dizer, no final das contas, não acho que seja necessariamente uma coisa boa."

Relatos adicionais por Jamie Klein e Oriol Puigdemont

compartilhar
comentários
Rossi: “quero ver se posso ser mais rápido que Lorenzo”
Artigo anterior

Rossi: “quero ver se posso ser mais rápido que Lorenzo”

Próximo artigo

Lorenzo mira em repetir domínio de 2015 em Brno

Lorenzo mira em repetir domínio de 2015 em Brno