MotoGP
15 out
Evento encerrado
18 out
Evento encerrado
25 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
08 nov
Evento encerrado
22 nov
Evento encerrado

Quartararo: pressão da luta pelo título da MotoGP recai sobre pilotos de fábrica

compartilhar
comentários
Quartararo: pressão da luta pelo título da MotoGP recai sobre pilotos de fábrica
Por:

Francês da Petronas falou que, por ser apenas piloto de equipe satélite e estar em seu segundo ano na MotoGP, sente menos a pressão

Após ter sua pior posição de chegada na MotoGP e perder a liderança do Mundial para Joan Mir no GP de Aragón, o piloto da Petronas Fabio Quartararo diz que a pressão da luta pelo título não recai sobre ele, e sim sobre seus rivais que correm nas equipes oficiais. 

O francês, que saiu na pole, terminou apenas em 18º, fora da zona de pontuação, e atribuiu seu resultado ruim a um problema no pneu dianteiro, que fez a pressão interna subir e ficar fora de controle.

Leia também:

Com Joan Mir terminando em terceiro, o espanhol da Suzuki é o novo líder, agora seis pontos a frente de Quartararo, tendo também Maverick Viñales, da Yamaha, e Andrea Dovizioso, da Ducati, a apenas 15 pontos, com quatro etapas para o fim.

Tendo chegado a Aragón com 10 pontos de vantagem no campeonato, Quartararo insiste que seu "dia desastroso" não aumentou a pressão em cima dele na luta pelo título já que não é piloto de fábrica.

"Estou muito feliz que Álex [Rins] venceu hoje, que [Danilo] Petrucci venceu em Le Mans", respondeu quando perguntado se era um alívio para ele ver que os principais rivais não estavam vencendo. Mas, no final, o que importa são os seus próprios resultados.

"Hoje foi um dia desastroso, mas estou triste por dizer isso: teria sido pior ser Mir tivesse vencido, com Maverick em segundo e Dovi em terceiro. Mesmo no negativo temos que tirar o pouco que há de positivo, tendo os Álex [Rins e Márquez] terminando a frente de Joan".

"No final, a pressão não está comigo. Eu vinha liderando o campeonato, mas com uma equipe que surgiu no ano passado, estou em meu segundo ano e não sou piloto de fábrica. No final, a pressão está sobre eles. Estou me sentindo bem. Foi apenas uma corrida difícil com um problema técnico. Poderia ter sido pior".

Dovizioso, sétimo em Aragón, acredita que a Suzuki será difícil de ser batida nas provas finais, enquanto Mir insiste que não liga tanto para o campeonato quanto outros pilotos nesse momento.

Quando perguntado porque a Suzuki foi melhor em Aragón do que a Yamaha, Quartararo explicou: "Pra mim, a Suzuki tem uma consistência com os pneus muito melhor do que nós. Na classificação, tivemos uma boa volta, mas Álex Rins estava tão rápido na corrida que venceu".

"Eles encontraram a aderência na primeira volta e são rápidos. É por isso que têm esses resultados, pódio atrás de pódio. Parece que o momento deles é bom".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

VÍDEO: As 5 maiores tretas entre campeões da F1

PODCAST: Recordes de Hamilton e Schumacher são comparáveis?

 

MotoGP: Quartararo culpa pneu dianteiro por performance ruim em Aragón

Artigo anterior

MotoGP: Quartararo culpa pneu dianteiro por performance ruim em Aragón

Próximo artigo

MotoGP: Honda atualiza situação de Márquez após rumores de terceira cirurgia

MotoGP: Honda atualiza situação de Márquez após rumores de terceira cirurgia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Aragón
Pilotos Fabio Quartararo
Equipes Drive M7 SIC Racing Team
Autor Lewis Duncan