MotoGP
15 out
Evento encerrado
18 out
Evento encerrado
25 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
08 nov
Evento encerrado
22 nov
Evento encerrado

Zarco detona comissários por punição: “Não confio, não são as pessoas adequadas"

compartilhar
comentários
Zarco detona comissários por punição: “Não confio, não são as pessoas adequadas"
Por:

Piloto francês da Avintia acredita que equipe de comissários deveria ser substituída

Após ser punido pelo acidente com Franco Morbidelli no domingo passado, Johann Zarco afirmou que não confia nos comissários da MotoGP pois para ele "não são as pessoas adequadas".

As últimas semanas foram uma montanha-russa para o francês, que encontrou bom desempenho em sua nova equipa Avintia Ducati, o que lhe garantiu a pole no GP da República Tcheca. Durante a prova em Brno, ele protagonizou um incidente com Pol Espargaró e chegou ser punido, mas ainda assim o francês subiu ao pódio.

Leia também:

Uma semana depois, na Áustria, Zarco se envolveu em um impressionante acidente com Morbielli. Mais uma vez, o francês foi punido e, por isso, terá que largar dos boxes neste domingo.

“Eles me informaram da punição pessoalmente. Como me disseram, não fazia sentido eu dar minha versão. Eles me disseram que viram a ação e que me penalizaram. Perguntei por que me fizeram ir e explicar meu ponto de vista, mas disseram que era apenas para seguir as regras”, explicou Zarco.

Relembre o acidente:

 

O piloto da Avintia quis apelar da sanção, mas isso poderia agravar sua situação e a equipe preferiu deixar a questão de lado.

“Por minha honra e meu ego, adoraria lutar contra essa sanção, mas posso colocar o ego de lado e dizer a mim mesmo que é melhor aceitá-lo e encerrar a história. Além disso, provavelmente não estou na minha melhor forma (por causa da lesão), embora não saibamos o que pode acontecer, se chover, talvez seja muito interessante, porque acho que poderia fazer a corrida inteira e ser forte. Por isso espero que chova um pouco e que possa dar algumas surpresas”, avisou.

“Temos conversado muito sobre o que devemos fazer. Obviamente, se não estivesse em forma para pilotar neste fim de semana, acho que deveríamos ter apelado, porque senão estaríamos arrastando a situação para Misano. Aqui é sempre um problema, porque talvez me sinta bem e esteja pronto para correr, mas ainda há muitas dúvidas. Estou feliz por correr amanhã e penso que posso ser bastante rápido, mas nas 28 voltas é um problema, ”admitiu.

Questionado se confiava no trabalho dos comissários ou se acreditava que a equipe de profissionais, formada por Bill Cumbow, Freddie Spender e Ralph Bohnhorst deveria ser alterada, Zarco respondeu:

“O trabalho que eles têm não é fácil, mas não, não confio nos comissários. Não acho que essas sejam as pessoas adequadas no lugar certo. Devíamos ter outras pessoas”, disse ele asperamente.

Por fim, Zarco comentou as explicações recebidas para a punição.

“Fui punido porque meu caminho se cruzou com o de Morbidelli. E eles disseram 'pelo que vemos, você cortou o caminho dele'. Então eu disse a eles que não adiantava falar nada para me explicar, eles insistiram que acreditavam no que viram. Acabei por passar à frente dele, mas talvez chegar a esse ponto com essa linha tenha sido muito otimista ”, reconheceu o francês.

VÍDEO: Veja a verdade sobre o início da treta de Nelson Piquet e imprensa

PODCAST: O que resta para Massa no automobilismo após sair se sua equipe na F-E?

 

Honda anuncia que Márquez pode retornar apenas em 2021, por conta de recuperação lenta após fratura no braço

Artigo anterior

Honda anuncia que Márquez pode retornar apenas em 2021, por conta de recuperação lenta após fratura no braço

Próximo artigo

Quartararo diz que Suzuki tem moto "perfeita" para pista da Áustria

Quartararo diz que Suzuki tem moto "perfeita" para pista da Áustria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Estíria
Sub-evento FP3
Localização Red Bull Ring
Pilotos Johann Zarco
Autor Germán Garcia Casanova