Alonso: Agora tenho objetivos muito maiores do que a F1

Espanhol deixou claro em Sebring que sua atenção está longe da F1 nesta temporada, mas ainda não descarta nada até 2020

Alonso: Agora tenho objetivos muito maiores do que a F1

Fernando Alonso fez parte do time vencedor das Mil Milhas de Sebring, etapa do Mundial de Endurance da FIA (WEC), junto com Sebastien Buemi e Kazuki Nakajima, no Toyota TS050 Hybrid e ampliou a liderança no campeonato.

Mas o espanhol ainda é sempre questionado sobre a Fórmula 1, depois que anunciou sua retirada da categoria - pelo menos para 2019 - em agosto do ano passado. Ele ainda é um piloto ligado à McLaren e testará o MCL34 ao longo deste 2019

"Eu não acompanhei muito o que aconteceu na F1 por esses dias", disse o bicampeão mundial. "Eu não sei, nem me importo muito, realmente", acrescentou quando questionado sobre uma avaliação do início da temporada de 2019.

Leia também:

"Estive um pouco afastado desde os testes e antes da primeira corrida, mas tenho a curiosidade típica de qualquer fã ver como as coisas vão, qual é a verdadeira ordem das equipes, mas fora isso, a verdade é que eu não tenho tanto arrependimento ou desejo de estar lá ou não perder nenhum detalhe”

“Estou aqui (em Sebring), há 200 mil pessoas, centenas de equipes e pilotos, 16 mil pneus na tenda Michelin e a verdade é que o centro das competições deste fim de semana em todo o mundo é Sebring", acrescentou.

Quando perguntado sobre seu futuro, ele respondeu: "Até 2020 eu não fechei nenhuma porta, quando anunciei a retirada para 2019 foi porque eu agora tinha outros desafios, mas no futuro eu não tenho a bola de cristal para saber onde vou correr."

Podium: race winners #8 Toyota Gazoo Racing Toyota TS050: Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima, Fernando

Podium: race winners #8 Toyota Gazoo Racing Toyota TS050: Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima, Fernando

Photo by: Toyota Racing

compartilhar
comentários
De Ferran: Norris "pilotou como um veterano" na Austrália

Artigo anterior

De Ferran: Norris "pilotou como um veterano" na Austrália

Próximo artigo

Senna faria 59 anos se estivesse vivo; Relembre 20 momentos marcantes da carreira

Senna faria 59 anos se estivesse vivo; Relembre 20 momentos marcantes da carreira
Carregar comentários