Andretti critica sistema de superlicença da F1: "Mazepin tem uma, mas os melhores da Indy não"

Ex-piloto criticou sistema ao defender que Colton Herta, prodígio da Indy, deveria ter a chance de correr na F1 mas não pode por não ter pontos necessários

Andretti critica sistema de superlicença da F1: "Mazepin tem uma, mas os melhores da Indy não"

Campeão de 1978 da Fórmula 1, Mario Andretti falou com exclusividade ao Motorsport.com sobre a chegada do GP de Miami e qual nome da Indy poderia se dar bem no Mundial, aproveitando para criticar o sistema atual de superlicenças da categoria, dizendo que o russo Nikita Mazepin conseguiu uma, mas um piloto de ponta da categoria americana não consegue.

Há duas semanas que os Estados Unidos voltarão a receber duas etapas a partir de 2022, com a chegada do GP de Miami, um dos projetos mais antigos da Liberty Media.

Leia também:

Andretti falou sobre a adição de Miami e como a F1 pode aumentar sua presença nos Estados Unidos.

"Acho que os Estados Unidos são o único país no mundo que pode realmente realizar duas corridas de F1. Honestamente, acho que a base de fãs da F1 aqui é subestimada, mas precisa de uma injeção de ânimo. E a única coisa que realmente precisa é um piloto americano".

E Andretti disse qual nome do automobilismo americano e, especialmente da Indy, ele gostaria de ver na F1.

"Estou apoiando Colton Herta. É preciso lembrar, ele foi correr na Inglaterra quando tinha apenas 15 anos. Foi sozinho. Chegar à F1 sempre foi seu objetivo, mas ele é muito quieto e modesto. Ele não é agressivo, mas vejo uma qualidade ali, uma qualidade de Fórmula 1".

Andretti acredita que ter um talento jovem na F1 faria os Estados Unidos comparem a categoria, mas questionou o atual sistema de superlicença. E acredita que Herta, o vencedor mais jovem da história da Indy, precisa mudar o mais rápido possível.

"Precisamos de um piloto americano em uma equipe de ponta, não no fundo, sem chances. Se você colocar um americano na F1, obtendo resultados, os Estados Unidos ficariam loucos pela F1".

"A Mercedes vende muitos carros aqui, é um grande mercado. Imagina o que poderiam fazer com isso? Aumentaria a audiência de TV aqui. Mas isso precisa acontecer em um ano, ou podem considerá-lo velho demais".

"Ele é 21, então seria um ótimo momento, e entendo a falta de testes e restrições de licença. Mas, na verdade, aquele garoto russo [Nikita Mazepin] tem a superlicença e os rapazes que estão no melhor nível daqui [Indy] não conseguem? Há algo de errado nisso!".

Ex-companheiro de SENNA POLEMIZA sobre o que Ayrton acharia da F1 atual em ÍMOLA e cita RATZENBERGER

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
Indy: Herta lidera de ponta a ponta e vence em St.Petersburg
Artigo anterior

Indy: Herta lidera de ponta a ponta e vence em St.Petersburg

Próximo artigo

Por Gateway na Indy, Pietro Fittipaldi não fará 24 Horas de Le Mans

Por Gateway na Indy, Pietro Fittipaldi não fará 24 Horas de Le Mans
Carregar comentários