Button: atualizações da McLaren dão confiança para Mônaco

Para Jenson Button, atualizações da McLaren - que promete um salto de desempenho com novidades - deixam piloto confiante de que participação em Monte Carlo será um sucesso

Button: atualizações da McLaren dão confiança para Mônaco
Jenson Button, McLaren F1
Jenson Button
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Carregar reprodutor de áudio

Jenson Button retorna à Fórmula 1 no próximo final de semana, substituindo Fernando Alonso - o espanhol decidiu trocar o GP de Mônaco pela participação nas 500 Milhas de Indianápolis. Com isso, o campeão de 2009, que ainda tem contrato com a McLaren, foi convocado para a prova nas ruas de Monte Carlo.

Button, que não entra no cockpit de um carro de F1 desde o GP de Abu Dhabi do ano passado, está otimista para a corrida, já que a McLaren promete mais atualizações para o GP de Mônaco. Com a primeira parte do upgrade, Alonso se classificou em sétimo para o GP da Espanha.

"Foi ótimo ver o desempenho de Fernando na classificação para o GP da Espanha. O sétimo lugar foi um avanço e tanto. Ele fez uma grande volta, claro, mas isso mostra o avanço obtido também. Não sei quantificar o ganho de downforce, mas foi grande. Há mais novidades para Mônaco, se Alonso conseguiu o sétimo em Barcelona, então as coisas devem ser boas em Monte Carlo", disse.

Button, que não quis andar com o carro deste ano no teste do Bahrein, preferiu focar nos trabalhos de simulador na preparação para a prova em Mônaco. O britânico sente que aprendeu o suficiente no simulador e brincou ao ressaltar que enfrentou problemas nas simulações.

"Nas primeiras simulações, não gostei do estilo do carro, mas isso aconteceu antes das atualizações. Fizemos algumas modificações no acerto e as coisas melhoraram, ficaram mais próximas ao meu estilo de pilotagem. Com as atualizações, o carro ficou muito bom de conduzir", afirmou.

"Eu caí duas vezes no Porto (no simulador), espero que isso não aconteça. Após a curva 1, subindo a ladeira, caí para o lado direito e rolei. Nunca havia rolado no simulador, mas aconteceu. A sorte é que o impacto não foi tão grande quanto seria na realidade, porém você ainda sente o solavanco e um pouco da força G", brincou.

Por fim, Button insistiu que não se sente pressionado para a prova em Mônaco, dadas as circunstâncias nas quais ele retorna para a F1.

"Se eu chegar à curva 2 e me sentir totalmente fora de forma, seguirei na direção do pôr do sol e nunca mais voltarei", comentou, bem humorado. "Está tudo bem, não há nenhum problema e nada de pressão", completou.

Reportagem adicional por Jonathan Noble

compartilhar
comentários
Sauber acreditava que Wehrlein não voltaria antes da Espanha
Artigo anterior

Sauber acreditava que Wehrlein não voltaria antes da Espanha

Próximo artigo

Vida de Prost e relação com Senna viram tema de filme

Vida de Prost e relação com Senna viram tema de filme
Carregar comentários