Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
57 dias
06 mai
Próximo evento em
99 dias
20 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
127 dias
10 jun
Próximo evento em
134 dias
24 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
169 dias
29 jul
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
211 dias
02 set
Próximo evento em
218 dias
09 set
Próximo evento em
225 dias
23 set
Próximo evento em
239 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
246 dias
07 out
Próximo evento em
253 dias
21 out
Próximo evento em
267 dias
28 out
Próximo evento em
274 dias
05 nov
Próximo evento em
282 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
295 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
310 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
319 dias

Chefe da Racing Point esclarece questão de cláusula de saída de Pérez

compartilhar
comentários
Chefe da Racing Point esclarece questão de cláusula de saída de Pérez
Por:
, Editor

Otmar Szafnauer esclareceu sobre o rumor que circula pelo paddock desde o início de julho

A Racing Point segue negociando com Sebastian Vettel para uma possível vaga na Aston Martin em 2021 na Fórmula 1, apesar de já ter Sergio Pérez e Lance Stroll com contratos garantidos. Porém, neste sábado, a equipe falou sobre um dos principais assuntos do paddock nas últimas semanas: a cláusula de saída de Pérez que teria que ser acionada até 31 de julho.

Com Pérez e Stroll tendo contratos de longa duração com a equipe, a eventual chegada de Vettel significaria que um deles teria que sair. Na semana passada, o mexicano disse que era óbvio quem sairia caso a contratação do alemão se confirmasse.

Leia também:

Desde o início do mês, haviam rumores de que, no contrato de Pérez, havia uma cláusula que permitia a equipe liberá-lo sem maiores problemas, desde que fosse acionada até o final de julho, ou seja, na última sexta-feira.

Mas Otmar Szafnauer, chefe da Racing Point, confirmou que a especulação sobre a data envolvendo essa cláusula não era real.

"Nós não gostamos de falar sobre detalhes dos nossos contratos", disse Szafnauer ao Motorsport.com. "Mas vou aproveitar a oportunidade para falar a você que essa opção que vocês tanto falam e que estaria expirando hoje não é real. Não é o caso".

Pérez e a Racing Point têm evitado falar sobre o futuro de ambos, com as partes reiterando repetidamente que os contratos válidos continuam em ação para 2021. Anteriormente, Pérez havia confirmado que haviam cláusulas em seu contrato que permitiam  dissolução do mesmo, relacionado principalmente a acordos de patrocínio.

A Racing Point parece ser o melhor caminho para Vettel continuar no grid da F1 em 2021 após a Ferrari anunciar a saída do tetracampeão no final do ano, abrindo lugar para a chegada de Carlos Sainz.

Na quinta, Vettel disse que não tinha pressa para tomar uma decisão sobre seu futuro.

"Provavelmente é realista ser paciente e esperar um pouco. Isso pode ser algumas semanas. Pode ser mais. Nada mudou no que eu venho dizendo nas últimas semanas, não tenho pressa. Quero ter certeza que estarei tomando a decisão correta para mim".

Racing Point e Red Bull lideram, Hulkenberg vive saga para voltar à F1 e Drugovich é pole na F2

PODCAST: Bastidores do futuro do GP do Brasil e os ambientes de F1 favoritos de Reginaldo Leme

 

Mercedes bota ordem na casa e Bottas lidera TL3 em Silverstone antes da classificação

Artigo anterior

Mercedes bota ordem na casa e Bottas lidera TL3 em Silverstone antes da classificação

Próximo artigo

F1: McLaren mantém novo pacote de aerodinâmica após testes na sexta

F1: McLaren mantém novo pacote de aerodinâmica após testes na sexta
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Equipes Racing Point
Autor Luke Smith