Renault manda recado para Ricciardo: "Unidade e comprometimento são valores essenciais"

O chefe da Renault não citou o australiano no anúncio de sua saída, e destacou a importância da unidade e comprometimento com a equipe

Renault manda recado para Ricciardo: "Unidade e comprometimento são valores essenciais"
Carregar reprodutor de áudio

Nesta quinta-feira, foi confirmado que Daniel Ricciardo vai deixar a Renault depois de dois anos, e terá como destino para 2021 a McLaren, substituindo Carlos Sainz, que vai ocupar a vaga de Sebastian Vettel na Ferrari na Fórmula 1. E a saída do australiano não deixou seu chefe na equipe francesa muito feliz.

"Dentro do contexto sem precedentes da temporada 2020, as discussões feitas com Daniel Ricciardo sobre uma renovação de seu contrato para além de 2020 não foram bem sucedidas", diz o comunicado divulgado pela Renault.

Leia também:

Cyril Abiteboul, chefe da equipe, não fez referência a Ricciardo em sua fala sobre o anúncio, mas mandou um recado indireto ao piloto, ao destacar o valor de lealdade para a equipe no futuro.

"Em nosso esporte, particularmente na extraordinária situação atual, confiança recíproca, unidade e comprometimento são, mais do que nunca, valores essenciais para a equipe", disse Abiteboul. "Estou confiante que na temporada de 2020 vamos conquistar ainda mais juntos. Nossa ambição e estratégia continua a mesma.

Ricciardo chocou o paddock ao trocar a Red Bull pela Renault no final da temporada de 2018, tornando-se um dos pilotos mais bem pagos do grid.

A mudança era parte de um plano a longo prazo da Renault visando um retorno ao topo do grid da F1, buscando vitórias em corridas e a luta pelo campeonato com a introdução do novo regulamento.

Ricciardo teve uma primeira temporada difícil com a Renault, com a equipe não conseguindo manter sua posição como a primeira do pelotão do meio e também não reduziu a diferença para as equipes da ponta, como esperava.

A equipe acabou terminando o mundial de construtores em quinto, perdendo para a McLaren, que usa motores Renault e Ricciardo teve como melhor resultado um quarto lugar em Monza.

Isso levou a algumas preocupações sobre o potencial a longo prazo do projeto da Renault, mas a montadora francesa se mantinha comprometida com Ricciardo para além de 2020. Mas a saída de Vettel fez o mercado se mexer rapidamente e Ricciardo foi conquistado pela McLaren para correr com Lando Norris a partir de 2021.

"Fico muito feliz pelo meu tempo com a Renault e como fui aceito pela equipe", disse Ricciardo no Twitter após o anúncio. "Mas ainda não terminamos e mal posso esperar para voltar ao grid esse ano. Meu próximo capítulo ainda não chegou, então vamos terminar esse com tudo. Obrigado!".

O anúncio deixa uma vaga em aberto para a Renault em 2021 para correr ao lado de Esteban Ocon.

Um nome cotado para a vaga é do bicampeão Fernando Alonso, devido ao fato do piloto estar livre. O espanhol venceu seus dois títulos com a Renault em 2005 e 2006, e teve mais uma passagem pela equipe em 2008 e 2009 após uma polêmica temporada pela McLaren.

Recentemente, Abiteboul falou sobre a possibilidade de promover um dos pilotos da Academia para a F1, um objetivo que poderia ser concretizado em 2021. Atualmente, a Renault tem os pilotos Guanyu Zhou e Christian Lundgaard correndo na F2.

GALERIA: Relembre os carros da Renault na F1

1977: Renault RS01
1977: Renault RS01
1/22
Piloto: Jean-Pierre Jabouille

Foto de: Sutton Motorsport Images

1978: Renault RS01
1978: Renault RS01
2/22
Piloto: Jean-Pierre Jaboullie

Foto de: LAT Images

1979: Renault RS10
1979: Renault RS10
3/22
Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jabouille

Foto de: LAT Images

1980: Renault RE20
1980: Renault RE20
4/22
Pilotos: Rene Arnoux, Jean-Pierre Jaboullie

Foto de: LAT Images

1981: Renault RE30
1981: Renault RE30
5/22
Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost

Foto de: Sutton Motorsport Images

1982: Renault RE30
1982: Renault RE30
6/22
Pilotos: Rene Arnoux, Alain Prost

Foto de: LAT Images

1983: Renault RE40
1983: Renault RE40
7/22
Pilotos: Eddie Cheever, Alain Prost

Foto de: LAT Images

1984: Renault RE50
1984: Renault RE50
8/22
Pilotos: Philippe Streiff, Patrick Tambay, Derek Warwick

Foto de: Jean-Philippe Legrand

1985: Renault RE60
1985: Renault RE60
9/22
Pilotos: Francois Hesnault, Patrick Tambay, Derek Warwick

Foto de: Sutton Motorsport Images

2002: Renault R202
2002: Renault R202
10/22
Pilotos: Jenson Button, Jarno Trulli

Foto de: Renault F1

2003: Renault R23
2003: Renault R23
11/22
Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

2004: Renault R24
2004: Renault R24
12/22
Pilotos: Fernando Alonso, Jarno Trulli, Jacques Villeneuve

Foto de: LAT Images

2005: Renault R25
2005: Renault R25
13/22
Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella

Foto de: Sutton Motorsport Images

2006: Renault R26
2006: Renault R26
14/22
Pilotos: Fernando Alonso, Giancarlo Fisichella

Foto de: Sutton Motorsport Images

2007: Renault R27
2007: Renault R27
15/22
Pilotos: Giancarlo Fisichella, Heikki Kovalainen

Foto de: Sutton Motorsport Images

2008: Renault R28
2008: Renault R28
16/22
Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet

Foto de: Sutton Motorsport Images

2009: Renault R29
2009: Renault R29
17/22
Pilotos: Fernando Alonso, Nelsinho Piquet e Romain Grosjean

Foto de: Sutton Motorsport Images

2016: Renault R.S.16
2016: Renault R.S.16
18/22
Pilotos: Kevin Magnussen, Jolyon Palmer

Foto de: Sutton Motorsport Images

2017: Renault R.S.17
2017: Renault R.S.17
19/22
Pilotos: Nico Hülkenberg, Jolyon Palmer, Carlos Sainz Jr.

Foto de: Sutton Motorsport Images

2018: Renault R.S.18
2018: Renault R.S.18
20/22
Pilotos: Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr.

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

2019: Renault R.S.19
2019: Renault R.S.19
21/22
Pilotos: Nico Hülkenberg, Daniel Ricciardo

Foto de: Dom Romney / Motorsport Images

2020: Renault R.S.20
2020: Renault R.S.20
22/22
Pilotos: Daniel Ricciardo e Esteban Ocon

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

VÍDEO: Os cinco melhores GPs do Brasil em Interlagos, que completa 80 anos

PODCAST - Interlagos 80 anos: templo do automobilismo ou apenas mais um circuito?

 

compartilhar
comentários
Confira os pilotos que venceram apenas uma vez durante carreira na F1
Artigo anterior

Confira os pilotos que venceram apenas uma vez durante carreira na F1

Próximo artigo

ANÁLISE: O que esperar de Carlos Sainz na Ferrari em 2021?

ANÁLISE: O que esperar de Carlos Sainz na Ferrari em 2021?
Carregar comentários