F1: Aitken espera vaga na Williams com sua evolução como piloto

O piloto reserva da Williams, Jack Aitken, espera que a equipe esteja de olho no trabalho que ele vem fazendo para ganhar uma vaga com o time para 2022

F1: Aitken espera vaga na Williams com sua evolução como piloto

Aitken, que está se recuperando das fraturas da batida nas 24 Horas de Spa, espera conquistar uma vaga na Williams para 2022. Apesar de só ter disputado um GP, quando foi chamado de última hora para a corrida de Sakhir no lugar de Russell, ele sente que o desempenho na prova somado ao feedback que ele provê nos testes e simuladores fazem dele um candidato a vaga.

"A Williams está em um momento empolgante em que estamos indo para a frente", disse Aitken para o Motorsport. "Tem muita energia no time e eu acho que eles fizeram ótimas decisões de estrutura e pessoal".

Leia também:

"Então tem muita ênfase no desenvolvimento agora. Eu acho que, sendo parte do time por mais de um ano e com o trabalho que eu faço no simulador, fui importante para isso. Eu sei a direção que o carro está indo. Eu estou no simulador sempre que posso, avaliando o desenvolvimento do carro desse e do próximo ano. Acho que estou indo bem."

"Sempre foi um dos meus pontos fortes dar feedbacks fortes e saber o que é importante também, porque você tem que saber o que focar. Quando eu corri no Sakhir e fizemos os testes em Abu Dhabi depois foi algo que a equipe sempre comentou."

"Eu sempre argumento sobre o que será importante para seguir em frente nos próximos anos, sabendo como levar o time a dar um passo a frente."

Enquanto a Williams tem vários pilotos experientes no radar, como Bottas, Hulkenberg e Kvyat, Aitken acredita que o time se beneficiaria do entusiasmo de um jovem piloto.

"É uma questão de 'os pilotos realmente querem entrar com o time e o quão motivados eles estarão em se envolver com o âmago da questão'? Será muito trabalhoso botar os carros de 2022 para acelerar e trabalhar nos inevitáveis problemas que vêm com um regulamento novo."

"Eu acho que essa é uma das forças que a nova geração, dos últimos cinco anos, têm. Experiência não é garantia de sucesso. Eu vejo que um monte dos jovens pilotos vieram mostrando o quão incrivelmente duro eles estão dispostos a trabalhar. E isso é algo que eu tento mostrar."

Jack Aitken, Williams FW43

Jack Aitken, Williams FW43

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Aitken disse que tudo que ele poderia fazer para aumentar as chances é garantir que quando ele volte para o simulador mês que vem e complete seu próximo TL1 ele esteja no seu melhor.

"Com o TL1 eu quero fazer um trabalho incrível para eles. Esse é o foco principal agora. Eu estou em constante contato com o time, os dois lados sabendo que está acontecendo com a parte de corridas, também com a divisão de engenharia e qual direção o carro tomará", concluiu.

MAX WILSON vê colaboração "MARAVILHOSA" de BAND no automobilismo, com F1 "até no PROGRAMA DO NETO"

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Williams fala de futuro de Latifi na equipe
Artigo anterior

F1: Williams fala de futuro de Latifi na equipe

Próximo artigo

CEO de Spa-Francorchamps é assassinada em Luxemburgo; Fórmula 1 se manifesta

CEO de Spa-Francorchamps é assassinada em Luxemburgo; Fórmula 1 se manifesta
Carregar comentários