F1 - Além de Mercedes e Ferrari: McLaren também terá atualizações na Espanha

"Temos alguns ajustes para as próximas corridas mas não serão grandes pacotes. São mais como componentes individuais nos quais encontramos algum desempenho"

Oscar Piastri, McLaren MCL38

Um dos destaques da temporada 2024 da Fórmula 1 até o momento, a McLaren, que já venceu uma etapa com o triunfo do britânico Lando Norris no GP de Miami, prepara atualizações para o próximo evento, na Espanha.

O editor recomenda:

As melhorias estão sendo preparadas em Woking e a McLaren confia que elas permitirão que a escuderia dispute vitórias em todas as corridas seguintes. O time inglês, aliás, vem de uma boa etapa no Canadá, onde Norris chegou a liderar.

Mas após a corrida em Montreal, Lando se sentiu 'insatisfeito'. Questionado pelo Motorsport.com se a decepção do segundo lugar era um sinal de bons tempos na McLaren, o chefe de equipe Andrea Stella respondeu:

"Essa decepção por 'perder' uma vitória possível é um indicativo do longo caminho percorrido. Lutamos regularmente por pódios e, às vezes, por vitórias. Ao mesmo tempo, olho para os aspectos positivos, e há muitos. A equipe tem mantido sua competitividade de forma consistente, apesar das diferentes pistas e condições." 

"Agora [no Canadá] a Mercedes foi mais rápida do que nós no seco. Portanto, ainda não estamos em condições de vencer com base no desempenho puro", seguiu Stella, que revelou que os ajustes do MCL38 já estão sendo preparados e que o primeiro deles virá em Barcelona.

"Temos alguns ajustes para as próximas corridas, mas não serão grandes pacotes. São mais como componentes individuais nos quais encontramos algum desempenho e, em vez de esperar até que tudo esteja pronto, vamos levá-los para a pista um a um. Portanto, não vou dizer o que exatamente, mas veremos algumas peças novas nas próximas corridas", afirmou o italiano.

Lando Norris, McLaren MCL38, Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

Lando Norris, McLaren MCL38, Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

Autor da foto: Mark Sutton / Motorsport Images

"A confiança está definitivamente crescendo, mas você não vai longe só com ela. Ela pode ajudar na hora de projetar peças. Você está confiante, com mais energia. Você trabalha com mais afinco porque os bons resultados o deixam feliz e você quer mais. Esse é o elemento motivacional. No entanto, você será competitivo, e de forma consistente, quando fizer um bom trabalho. Você projeta peças de boa qualidade, executa todos os processos de forma sólida e opera com firmeza", disse Andrea.

"A confiança é útil para ter a energia necessária para todos esses processos. Ela ajuda em todos os lugares. Os mecânicos de box, os pilotos... Todo atleta tem um desempenho melhor em sua zona de conforto. No entanto, como eu disse, você não pode contar com isso. Você depende de um bom trabalho e essa é a atitude que temos que manter na McLaren", completou o chefe da McLaren.

Após 'caso' com CAMISA de Senna em tributo, Max OMITE PIQUET e põe Ayrton em top 5 da F1; LEWIS entra

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast Motorsport.com debate: Como demissão de Ocon impacta no mercado da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen defende Kelly Piquet de 'hate' nas redes sociais
Próximo artigo Por que Mercedes bloqueou prorrogação do prazo para aprovação das regras da F1 2026

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil