F1: Alpine faz modificações no carro em prol de confiabilidade 'perdida' no GP dos EUA

Equipe francesa teve dificuldades na corrida de Austin e ficou fora dos pontos pela primeira vez desde abertura da temporada no Bahrein

F1: Alpine faz modificações no carro em prol de confiabilidade 'perdida' no GP dos EUA
Carregar reprodutor de áudio

O momento crucial da temporada da Fórmula 1 chegou para a Alpine e a equipe francesa não pode se dar ao luxo de outro abandono por problemas técnicos. Durante o GP dos Estados Unidos, a escuderia sofreu muito mais do que o necessário por vários motivos e, como resultado, Fernando Alonso e Esteban Ocon, seus pilotos, terminaram a corrida mais cedo pela primeira vez desde o início do ano. Por isso, serão feitas mudanças no carro.

Um dos grandes problemas encontrados em Austin foi no asfalto, mas este incômodo foi o mesmo para todos os times, pelo que poderíamos dizer abertamente que os que mais sofreram são os que menos se adaptaram às condições da prova.

Leia também:

Se o Circuito das Américas se caracterizou por algo nas últimas temporadas, sem dúvida isso seria o estado duvidoso de sua superfície. O grande número de ondulações na pista tem sido alvo de críticas constantes tanto da MotoGP como da F1.

No caso da Alpine e conforme revelado por Alonso na prévia do GP do México, um dos principais problemas enfrentados pela equipe nos EUA teve a ver com o motivo acima mencionado.

"É verdade que não foi a nossa melhor corrida em termos de competitividade", destacou o bicampeão. "Ainda estamos analisando algumas coisas que aconteceram, mas provavelmente o design do circuito e as ondulações não ajudaram nosso desempenho."

"Há altos e baixos para todos ao longo de uma temporada inteira e foi provavelmente um dos poucos reveses que tivemos, então espero que aqui no México possamos voltar mais fortes", acrescentou.

Fernando Alonso, Alpine A521, en el pit lane

Falando mais especificamente do carro A521, Alonso reconheceu também que, além dos contratempos na pista, a escuderia detectou problemas numa parte crucial do carro, o que os levou a trabalhar nela durante estes dias para evitá-los. Será uma dor de cabeça para eles nas cinco corridas restantes.

"Sim, o problema era a sobrecarga na asa traseira", comentou. "Depois de analisar os dados, reforçamos essa parte para as próximas provas. Aprendemos a lição."

Acumular pontos será crucial para a Alpine na reta final do campeonato

No momento, a Alpine está na quinta posição do mundial de construtores com dez pontos de vantagem sobre a AlphaTauri, uma diferença que ainda não significa nada, já que tudo pode mudar de um segundo para outro, como visto em outros momentos da equilibrada temporada atual.

Além disso, o desempenho da rival italiana parece ter sido melhor no geral, então manter a posição no campeonato pode depender de recuperar a confiabilidade que faltou durante o último fim de semana nos Estados Unidos.

F1 2021: JOGO DE EQUIPE da Red Bull, VEREDITO de Marko, DESABAFO de Andretti e + do GP do México | DIRETO DO PADDOCK

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #142 – Verstappen e Hamilton vão bater como Senna e Prost?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Wolff 'proíbe' Russell de tocar com Hamilton em 2022 e quer relação pacífica entre eles
Artigo anterior

F1: Wolff 'proíbe' Russell de tocar com Hamilton em 2022 e quer relação pacífica entre eles

Próximo artigo

F1: Magnussen revela que não foi para Williams por "idiotice" de equipe renovar com Latifi

F1: Magnussen revela que não foi para Williams por "idiotice" de equipe renovar com Latifi