Fórmula 1 GP do Bahrein

F1: Após liderar sexta, Alonso fala sobre possibilidade de pole no Bahrein

Veterano das Astúrias também falou sobre o momento da Aston Martin, afirmou que o AMR23 ainda pode evoluir e comentou sobre as etapas seguintes a Sakhir

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team

Bicampeão mundial da Fórmula 1 e novo piloto da Aston Martin na categoria, o espanhol Fernando Alonso foi o mais rápido do primeiro dia de treinos livres para o GP do Bahrein, etapa inaugural da temporada 2023 da elite global do esporte a motor.

Após ficar em segundo na sessão prática inaugural, sendo batido pela Red Bull do mexicano Sergio Pérez, Alonso fez o tempo mais rápido do dia no treino livre nº 2, batendo Max Verstappen, também da Red Bull. O espanhol foi 0s169 que o holandês, também bicampeão da F1.

O editor recomenda:

Alonso, porém, mantém os pés no chão em relação a sábado, quando é disputado o treino de classificação que define o grid de largada em Sakhir. Questionado sobre se ficaria desapontado caso não conquiste a pole position no Circuito Internacional do Bahrein, o espanhol negou.

"Não [ficaria desapontado], de jeito nenhum. Eu não estou mirando tão alto, para ser honesto", respondeu o bicampeão mundial. Na verdade, não sei exatamente qual posição será boa para nós", seguiu Alonso, que substitui o recém-aposentado Sebastian Vettel, da Alemanha, na Aston Martin.

"Após os testes, estávamos pensando em estar no Q3 com os dois carros (o companheiro de Alonso é o canadense Lance Stroll) e marcar o máximo de pontos possível nessas primeiras corridas, tentando não cometer erros."

"É muito fácil errar. Não é a mesma coisa brigar por 12º, 14º do que brigar pelos cinco primeiros lugares, porque a pressão é outra, a adrenalina é outra. Então, tem muita coisa em que a gente, como equipe, precisa melhorar juntos, como um processo."

"Acho que, infelizmente, cometeremos alguns erros. Talvez eu mesmo cometa alguns erros, pois é uma equipe completamente nova [para mim], com novos procedimentos. Para a equipe também. Então temos que estar com os pés no chão. O objetivo tem que ser lutar pelo campeonato, mas a longo prazo, acho que ainda não neste ano”, ponderou o bicampeão, cuja última pole position foi no GP da Alemanha de 2012, quando o espanhol corria pela Ferrari. 

Alonso destaca que a Aston Martin ainda tem muito a evoluir

O piloto ponderou que a equipe britânica de Silverstone segue com margem para melhorias, além de ponderar que as primeiras etapas da categoria máxima do automobilismo mundial em 2023 são realizadas em pistas bem distintas entre si.

"Depois dos testes [de pré-temporada], sempre há sentimentos mistos sobre em que patamar você está. Temos que ver na qualificação e na corrida. E as três primeiras corridas são em circuitos muito diferentes: Bahrein, Jeddah e Austrália."

"No momento, estamos apenas concentrados em nós mesmos. Ainda há muitas coisas a melhorar no carro, o equilíbrio não estava totalmente perfeito hoje (sexta-feira). E acho que também a equipe precisa mudar algumas coisas, estamos no processo de tentar reforçar todas as áreas", disse Alonso.

Na temporada 2022, a Aston Martin terminou o campeonato de construtores no sétimo lugar, atrás da ítalo-suíça Alfa Romeo e à frente de Haas, dos Estados Unidos, AlphaTauri, da Itália, e Williams, da Grã-Bretanha, exatamente nesta ordem. Alonso, porém, aposta na visão de Lawrence Stroll, dono da escuderia verde da Inglaterra, para brigar por títulos no longo prazo. A cobertura completa do GP do Bahrein e da F1 2023 você confere aqui no Motorsport.com e também em nosso canal de YouTube.

Drive To Survive: erros e acertos da 5ª temporada da série da F1. Cadê Interlagos e Vettel?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Ferrari renovada, Mercedes melhor e Red Bull bem? Que F1 teremos em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Hamilton: "Estamos um pouco mais atrás do que no ano passado, estamos no caminho errado"
Próximo artigo F1 - Verstappen e Alonso separados por 0s028: veja as simulações de corrida da Aston Martin e da Red Bull

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil