F1: Bottas "não tem pressa" para discutir renovação com Mercedes

O finlandês disse que o foco está na temporada, onde tentará novamente bater de frente com seu companheiro, o heptacampeão Lewis Hamilton

F1: Bottas "não tem pressa" para discutir renovação com Mercedes

Valtteri Bottas está a caminho da sua quinta temporada com a Mercedes na Fórmula 1 em 2021, ajudando a marca alemã a conquistar o Mundial de Construtores desde 2017 ao lado de Lewis Hamilton. Mesmo assim, o finlandês segue tendo contratos de apenas um ano, o que ajuda a alimentar rumores sobre uma possível saída. Mas Bottas afirmou que não tem pressa para discutir uma nova renovação com a Mercedes para 2022 e além.

Com Hamilton também garantido apenas por um ano, a Mercedes tem flexibilidade máxima para o mercado de pilotos de 2022, com as duas vagas em aberto.

Leia também:

Após uma negociação problemática sobre seu contrato de 2020, Bottas disse no ano passado que queria resolver a renovação rapidamente, e a Mercedes anunciou sua permanência no começo de agosto, após as primeiras corridas da temporada.

Mas nova temporada, novo pensamento. Agora Bottas afirma que não tem pressa em iniciar as negociações pela renovação de contrato para 2022, reconhecendo a vantagem que a equipe tem ao manter as duas vagas em aberto.

"Honestamente, não tenho pressa", disse Bottas após o lançamento do W12, carro da Mercedes para 2021. "Eu entendo. Se a equipe tem a oportunidade para as grandes mudanças de 2022, ter opções, poder escolher ambos os pilotos, é bom para eles".

"Mas honestamente, do meu lado, não há pressa. Estou me preparando para a temporada, para atingir meus objetivos. Eventualmente vamos chegar ao momento da conversa. Mas não é agora".

 

O futuro de Bottas deve ser um dos pontos-chave do mercado de pilotos da F1 em 2021, com a Mercedes passando a analisar mais seriamente o destino de George Russell, que está em seu último ano de contrato com a Williams.

O britânico impressionou na temporada passada, especialmente em sua participação com a Mercedes, substituindo Hamilton no GP de Sakhir.

Ao longo dos quatro anos de parceria, Bottas jamais conseguiu bater Hamilton no campeonato, com o britânico faturando todos os títulos desse período. O finlandês admitiu que seria "desapontador" se ele nunca conseguisse bater o heptacampeão em uma temporada.

"Claro, seria desapontador, porque eu tenho Lewis como meu companheiro há anos, e obviamente esse é o objetivo. Mas seria ainda mais desapontador se eu olhasse para o passado e percebesse que poderia ter feito as coisas de modo diferente, melhor".

"Não quero deixar nenhum 'e se?' após esse ano. Esse é o meu objetivo principal. Se eu der o meu melhor, se eu maximizar, eu e as pessoas ao meu redor, então não haverá nenhum arrependimento".

Williams APRESENTA carro NOVO, Bia REVELA ameaça de MORTE e BAND mostra DETALHES da cobertura da F1

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
F1: Relembre todos os carros de 2021 apresentados até agora

Artigo anterior

F1: Relembre todos os carros de 2021 apresentados até agora

Próximo artigo

F1: Williams acredita que pode ter renascimento como o da McLaren

F1: Williams acredita que pode ter renascimento como o da McLaren
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas
Equipes Mercedes
Autor Luke Smith