F1: Chefe da Haas diz que tensão entre Schumacher e Mazepin foi "tirada de proporção"

Para Günther Steiner, relação entre os dois não é tensa como muitos pensam e desentendimento em Baku pode ser lição

F1: Chefe da Haas diz que tensão entre Schumacher e Mazepin foi "tirada de proporção"

Mick Schumacher ficou furioso com Nikita Mazepin após o russo o atacar agressivamente perto da bandeirada no GP do Azerbaijão de Fórmula 1, o que gerou uma desavença entre os companheiros de Haas, que ainda não pontuaram no campeonato.

Depois da corrida, o chefe da equipe Günther Steiner conversou com os dois para traçar uma linha sob o assunto e tentar garantir que não haveria problemas repetidos mais adiante.

Leia também:

Apesar da tensão, ele sugeriu que a desavença foi considerada muito maior do que realmente era. Reagindo às repetidas perguntas da mídia sobre a situação, Steiner disse: “Se isso afeta o futuro, eu não sei. Eu não tenho uma bola de cristal. Acho que estamos exagerando aqui, ou você está tentando estourar um pouco as proporções. Eu não acho que foi tão ruim quanto vocês pensam que foi."

“Isso é normal e acontece porque, no momento, eles disputam entre si. Se não tivesse acontecido com um companheiro de equipe, não teria criado uma história tão grande. No momento em que estamos, eles lutam uns contra os outros porque nosso carro é lento demais para competir contra outros pilotos.”

Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1, on the pit wall

Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1, on the pit wall

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Steiner disse que grande parte da responsabilidade de disputar entre si de agora em diante era dos pilotos, já que ele não pode controlar o que eles fazem nos carros.

“Quando eles estão lá, como devo mantê-los sob controle?” disse ele. “Os dois são jovens, têm um ego e querem ser vistos como fortes, mas eu não vou pilotar o carro. É apenas continuamos e esperarmos que isso não aconteça novamente."

“Posso lhe dar 100% de certeza? De jeito nenhum, isso é corrida. Eles são pessoas competitivas e haverá incidentes novamente, que vamos lidar. Caso contrário, estará ficando chato de qualquer maneira, mas espero que tenham aprendido a lição com isso."

“Pelo menos eles têm algum alvo”, reforçou Steiner. “Do contrário, se eles não tivessem nada, se apenas andassem em círculos, isso não os estimularia, ou não tiraria o melhor deles. E obviamente, preciso explicá-los também que - se der errado - não é construtivo."

F1 2021: VERSTAPPEN é pole, HAMILTON 2º e Regi Leme passa mal, perdendo transmissão; saiba mais

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: O que esperar do GP da França com RICO PENTEADO

 

compartilhar
comentários
F1: Verstappen não esperava Red Bull tão forte em Paul Ricard

Artigo anterior

F1: Verstappen não esperava Red Bull tão forte em Paul Ricard

Próximo artigo

F1: Verstappen segue insatisfeito com explicações da Pirelli sobre falha em Baku

F1: Verstappen segue insatisfeito com explicações da Pirelli sobre falha em Baku
Carregar comentários