F1: Ferrari reclama de Alonso em teste de jovens e pressiona FIA para ter Sainz

Mattia Binotto mostrou descontentamento da Ferrari com presença de Fernando Alonso nos testes de ‘jovens’ de Abu Dhabi e pede permissão à FIA para ter novo contratado

F1: Ferrari reclama de Alonso em teste de jovens e pressiona FIA para ter Sainz

Diante dos poucos testes que os pilotos de Fórmula 1 farão na pré-temporada de 2021 (três dias por equipe), a Renault solicitou à FIA uma autorização especial para Fernando Alonso disputar o teste de 'jovens pilotos' em Abu Dhabi, na próxima terça-feira, 15 de dezembro.

O órgão deu luz verde e o bicampeão mundial poderá dar continuidade à preparação para o retorno à F1 em 2021.

Leia também:

Enquanto pilotos como Daniel Ricciardo ou Max Verstappen admitiram que não estão interessados ​​neste teste e brincaram sobre o status de "jovem" de Alonso, outros, como Lando Norris, não ficaram felizes, perguntando por que a FIA "mudou as regras" para que Alonso corresse em Marina Yas.

A Ferrari é afetada pelo problema porque também tem um piloto, Carlos Sainz, que troca de carro em 2021, e aquele teste em Abu Dhabi seria uma ótima maneira de estrear cedo e se acostumar com o jeito da escuderia trabalhar o mais rápido possível.

Assim, a Ferrari solicitou à FIA outra licença, mas Mattia Binotto garante que não obteve resposta.

Quando o italiano foi questionado se ele havia dado mais algum passo em sua tentativa de fazer Sainz estrear com eles na próxima semana, ele afirmou: "Sim, então, em primeiro lugar, acho que é uma bagunça, e certamente nós, Ferrari, somos contra o teste de Fernando em Abu Dhabi, porque achamos que está errado.”

A Ferrari, que tem o direito de vetar qualquer mudança de regra, garante que já manifestou seu desacordo com a FIA: “Deixamos claro para a FIA na época em que os diversos comitês consultivos se reuniram.”

O que acontece é que a FIA não alterou nenhuma regra. No regulamento está claramente afirmado que a própria FIA pode decidir que outros pilotos estejam nestes testes. Agora, a Ferrari quer fazer o mesmo com Sainz.

"Depois de saber a decisão que tomaram, pedimos permissão à FIA para colocar Carlos na pista. Discutimos isso neste fim de semana, mas ainda não temos uma resposta."

No entanto, a Ferrari tem duas armadilhas e, no momento, parece se importar apenas com uma. Primeiro, ela precisa fazer com que a McLaren liberte o espanhol, e por enquanto o time de Woking já se recusou.

Só se tivessem sucesso eles poderiam tirar vantagem de uma licença especial... se a FIA conceder a eles. Não parece fácil.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

A volta de Alonso à F1 com a Renault por Rico Penteado, que conhece o espanhol de perto

 

 

compartilhar
comentários
F1: Vitória de Pérez é celebrada com agito na Cidade do México

Artigo anterior

F1: Vitória de Pérez é celebrada com agito na Cidade do México

Próximo artigo

RETA FINAL: A surra de Russell em Bottas, redenção de Pérez e a superação de Petecof

RETA FINAL: A surra de Russell em Bottas, redenção de Pérez e a superação de Petecof
Carregar comentários