Fórmula 1 GP do Canadá

F1: Leclerc vê Red Bull ‘voltar ao normal’ no GP da Espanha

Monegasco crê que próximas corridas mostrarão rival menos problemática do que nas quatro últimas etapas

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20, celebrates on track after winning the race

Charles Leclerc acredita que a Red Bull estará de volta com força total no GP da Espanha de Fórmula 1 na próxima semana, depois de uma série de corridas relativamente mais difíceis.

As fraquezas da Red Bull em relação às zebras e solavancos ficou evidente nas últimas quatro corridas em Miami, Ímola, Mônaco e Canadá, com o RB20 herdando algumas falhas de seus antecessores que a equipe ainda não resolveu.

Leia também:

As provas anteriores apresentaram oportunidades para os rivais da Red Bull se recuperarem, em parte devido às dificuldades da equipe baseada em Milton Keynes e através de suas próprias atualizações. Lando Norris conquistou a primeira vitória em Miami, enquanto Leclerc conquistou uma emocionante vitória em casa em Mônaco.

Mas antes de uma série de circuitos mais tradicionais e de alta pressão aerodinâmica, como Barcelona, ​​​​Red Bull Ring e Silverstone, Leclerc acredita que a Red Bull estará a todo vapor novamente em pistas em que o RB20 se adequa melhor.

“Sinto que a força da Red Bull será mais visível em uma pista como Barcelona”, disse Leclerc após abandonar o GP do Canadá.

"Mas vamos esperar e ver. E atrás [da Red Bull] acho que estaremos todos bem próximos."

George Russell, que se classificou na pole em Montreal e conquistou seu primeiro pódio da temporada em uma Mercedes melhorada, disse que o fato de Max Verstappen ainda ter conseguido vencer em Ímola e no Canadá, apesar de seus problemas, sugere que a Red Bull será uma força maior na próxima etapa europeia.

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari, in the garage

Charles Leclerc, Scuderia Ferrari, in the garage

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

“Não é nenhum segredo que eles tiveram dificuldades com seus carros nas últimas três corridas. Mesmo assim, eles venceram duas das últimas três”, alertou Russell.

“Portanto, espero que eles provavelmente deem um pequeno passo quando voltarmos às corridas europeias em circuitos mais convencionais.

“Precisamos ver como será o desempenho deles em Barcelona, ​​mas esse aumento de ritmo que vimos neste fim de semana não foi uma surpresa para nós, porque todos os números na fábrica nos disseram que vamos encontrar uma grande parte do desempenho com essas atualizações.

"Portanto, Barcelona será interessante para todos, mas estou confiante de que podemos estar na luta."

Lando Norris, da McLaren, que lutou contra Russell, reconheceu que a Mercedes será o quarto ‘player’ a partir de agora.

“Se eles também forem mais rápidos nas próximas corridas e se juntarem à luta entre Ferrari, Red Bull e nós, isso só tornará nossa vida mais emocionante”, disse Norris.

“Mais complicado e mais estressante porque agora provavelmente haverá oito carros lutando lá e desafiando todos nós juntos. Então é emocionante para nós e provavelmente para todos que estão assistindo.”

Assessora de Senna, BETISE ABRE O JOGO sobre PROST x AYRTON x PIQUET, Xuxa, Galisteu, Bernie, Head +

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Márquez na Ducati oficial, Martín na Aprilia: Jorge será sabotado em 2024? E Bagnaia? Mugello e mais

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior FIA muda regra e abre caminho para Kimi Antonelli estrear na F1
Próximo artigo F1: Doohan ganha 'validação' da Alpine como candidato para 2025

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil