Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
59 dias
20 mai
Próximo evento em
73 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
87 dias
10 jun
Próximo evento em
94 dias
24 jun
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
129 dias
29 jul
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
171 dias
02 set
Próximo evento em
178 dias
09 set
Próximo evento em
185 dias
23 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
206 dias
07 out
Próximo evento em
213 dias
21 out
Próximo evento em
227 dias
28 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
270 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
279 dias

F1: Marko explica por que rebaixou Albon à reserva da Red Bull

Consultor de automobilismo da equipe, dirigente austríaco citou falta de consistência e fraqueza mental do anglo-tailandês

compartilhar
comentários
F1: Marko explica por que rebaixou Albon à reserva da Red Bull

Destaque com a Red Bull no fim da temporada 2019 após ser promovido à equipe no GP da Bélgica daquele ano, Alexander Albon não conseguiu repetir as boas atuações de forma consistente em 2020 e acabou rebaixado à reserva do time na Fórmula 1.

Assim, o anglo-tailandês perdeu a vaga para o mexicano Sergio Pérez, que será o novo companheiro do holandês Max Verstappen em 2021. O consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, explicou a decisão.

O editor recomenda:

De acordo com o dirigente, Albon tem talento, mas carece de consistência e é fraco do ponto de vista mental. O piloto fez apenas dois pódios em 2020, enquanto Verstappen somou dois triunfos, 11 top-3s, uma pole position e bateu o companheiro por 17 a 0 nas classificações.

A comparação com o holandês também é desfavorável para Albon quando se analisa a tabela da temporada: Verstappen fez 214 pontos e terminou em terceiro, ficando a nove unidades do vice-campeão, o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes. Já Albon foi só o sétimo colocado, terminando o ano empatado com o espanhol Carlos Sainz, da McLaren, com um total de 105 pontos.

Marko falou sobre o ano de Albon: “Analisando o lado mental, todos os resultados insatisfatórios o perturbaram. Seu déficit em relação a Verstappen aumentou ao longo da temporada, não diminuiu. É por uma curta margem, mas cresceu”, explicou o austríaco.

O consultor afirmou ainda que Albon “perdeu uma quantidade desproporcional de tempo” com as mudanças de direção do vento. Segundo Marko, o carro de 2020 da Red Bull era “muito sensível ao vento”. O dirigente também criticou o piloto em relação ao desgaste de pneus.

“Se você tem um companheiro de equipe que guia constantemente no nível máximo, não importa qual seja o carro, isso desempenha um papel de subordinação. Se você olhar dessa forma, ninguém, com exceção de Daniel Ricciardo, esteve ao mesmo nível de Max. E quanto mais tempo duraria a combinação Ricciardo-Max, mais frequentemente e mais claramente Max estaria à frente dela”, completou Marko.

'CAUSOS' de RICCIARDO com Marko e cia na palavra de Cesar Ramos, destaque da Ipiranga na Stock 2020

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Quem brilhou e o que de melhor aconteceu na temporada 2020 da F1?

 

.

Coulthard: se Mick Schumacher não bater Mazepin, terá grande problema

Artigo anterior

Coulthard: se Mick Schumacher não bater Mazepin, terá grande problema

Próximo artigo

Hill: Red Bull precisa ouvir o mais experiente Pérez, não só Verstappen

Hill: Red Bull precisa ouvir o mais experiente Pérez, não só Verstappen
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Helmut Marko , Max Verstappen , Alexander Albon
Equipes Red Bull Racing
Autor Ronald Vording