Fórmula 1 GP da Espanha

F1: Mercedes aciona polícia após recebimento de e-mail anônimo com ameaças

Remetente anônimo acusou Toto Wolff de estar sabotando o heptacampeão

Lewis Hamilton, da Mercedes-AMG F1 Team, na garagem com Toto Wolff, chefe de equipe e CEO da Mercedes-AMG F1 Team, e Peter Bonnington, engenheiro de corrida sênior da Mercedes-AMG F1 Team

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

A Mercedes afirmou nesta sexta-feira que acionou a polícia por causa do recebimento de um e-mail anônimo acusando a equipe de estar sabotando o carro de Lewis Hamilton na Fórmula 1.

Leia também:

Um e-mail anônimo, enviado para a mesma lista de representantes da F1 e da mídia a quem foram encaminhadas supostas mensagens de WhatsApp envolvendo Christian Horner no início deste ano.

A mensagem dizia ser de um membro da equipe e acusava a Mercedes e, especialmente, Toto Wolff, o chefe do esquadrão, de "sabotagem sistemática" do carro, da estratégia e da saúde mental de Hamilton. A mensagem afirmava ainda que ocorreram ações "dissimuladas" e temia que a equipe estivesse em um "caminho perigoso" que poderia "acabar colocando Lewis em risco de vida".

A Mercedes alegou que o e-mail não tem nenhum elemento de verdade e deixou claro que as comunicações não vieram de um funcionário. No discurso no GP da Espanha, Wolff, claramente agitado, disse que a polícia havia sido chamada e prometeu encontrar o autor do crime.

Toto Wolff, chefe de equipe e CEO da Mercedes-AMG F1 Team

Toto Wolff, diretor de equipe e CEO da equipe Mercedes-AMG F1

Foto de: Imagens do automobilismo

“Não é de um membro da equipe”, disse Wolff. “Quando recebemos esses tipos de e-mails, recebemos toneladas deles, é perturbador, especialmente quando alguém fala sobre morte e todas essas coisas."

"Nesse caso em particular, recebi instruções para agir com força total. A polícia está investigando. Estamos pesquisando o endereço IP. Estamos pesquisando o telefone. Tudo isso porque esse tipo de abuso on-line precisa acabar. As pessoas não pode se esconder atrás de seus telefones ou computadores e abusar de equipes ou pilotos dessa forma."

Wolff disse que era inconcebível que a Mercedes atrapalhasse deliberadamente seus esforços no campeonato de construtores ao reter um de seus pilotos de propósito.

“Não sei o que alguns dos teóricos da conspiração e lunáticos pensam por aí”, acrescentou. "Lewis faz parte da equipe há 12 anos. Temos uma amizade. Confiamos um no outro. Queremos terminar isso em alta. Queremos celebrar o relacionamento."

"Se você não acredita em tudo isso, então pode acreditar que queremos ganhar o campeonato mundial de construtores. E parte do campeonato mundial de construtores é fazer com que os dois carros vençam. Então, para todas essas pessoas loucas que estão por aí, peguem um psiquiatra."

Wolff continuou explicando que ficou especialmente frustrado que as pessoas estivessem escondidas atrás de identidades anônimas para criticar, em vez de falar abertamente sobre isso.

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W15, segue para o grid

Lewis Hamilton e Mercedes F1 W15 vão para o grid

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

"Sempre há pessoas que têm o laptop no peito, no quarto, e ficam escrevendo", disse ele. "Se as pessoas quiserem abusar, agredir e se esconder atrás de uma conta inventada no Instagram, ou qualquer outra coisa que, para mim, seja...diga quem você é e nós aceitamos as críticas e discutimos. Mas não se  esconda".

Ele acrescentou: "Se e-mails estiverem sendo enviados ou números de telefone sendo usados ​​para essas mensagens, então, para mim, a brincadeira acaba, e nós vamos investigar, seja ela bem-sucedida ou não. Mas há limites para certas coisas".

F1 PEGA FOGO: HAMILTON 1º, Max 5º na ESPANHA! BRIATORE na Alpine OFICIAL. Tudo de Barcelona

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

VERDADE OU MITO: Brasil-1991 é a MAIOR VITÓRIA de SENNA? Glórias de AYRTON em DEBATE | Podcast F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hamilton é o mais rápido da sexta-feira em Barcelona; Verstappen é quinto
Próximo artigo "Sou um gênio na F1, tenho a cultura da vitória", diz Briatore em retorno à categoria

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil