Fórmula 1 GP da Hungria

F1: Mercedes admite que aceitaria De Vries de volta como piloto reserva

Mas, diretor de engenharia da Mercedes F1, Andrew Shovlin, crê que holandês esteja dando prioridade a competir, mesmo que em outra categoria

Nyck de Vries, Test and Reserve Driver, Mercedes AMG, analyses data with Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

A Mercedes daria as boas-vindas ao ex-piloto reserva Nyck de Vries de volta à equipe de Fórmula 1, após demissão na AlphaTauri.

O campeão da Fórmula 2 e da Fórmula E foi dispensado pela equipe da Red Bull apenas 10 corridas em sua temporada de estreia na F1 em tempo integral em favor do retorno de Daniel Ricciardo.

Leia também:

O consultor de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, reconheceu que de Vries "não fez uma super volta que realmente nos surpreendeu", enquanto lutava para rivalizar com o companheiro de equipe Yuki Tsunoda.

De Vries postou nas redes sociais: "Claro, dói que a chance de F1 que eu sonhei por tanto tempo tenha acabado prematuramente. Mas a vida não é um destino, é uma jornada, e às vezes você tem que pegar o caminho difícil para chegar aonde você quer estar."

Enquanto de Vries considera suas opções, o diretor de engenharia da Mercedes F1, Andrew Shovlin, disse que o piloto holandês de 28 anos seria "bem-vindo" de volta a Brackley como reserva.

No entanto, ele acha que de Vries vai cobiçar um retorno a um assento como titular, em vez de aceitar um emprego fora dos holofotes.

Questionado pelo Motorsport.com se havia um lugar para de Vries na Mercedes, Shovlin disse: “Acho que Nyck estará procurando mais do que apenas se tornar um piloto de simulador, então ele vai querer correr.

"Eu só falei com ele por mensagem de texto, e ele disse que vai me deixar saber como estão indo seus planos.

“Ele certamente foi muito útil para nós nessa função e seria bem-vindo para recuperá-lo. Mas suspeito que seu foco será encontrar vagas para correr.

Sir Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, leads Nyck de Vries, AlphaTauri AT04

Sir Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, leads Nyck de Vries, AlphaTauri AT04

Photo by: James Sutton / Motorsport Images

“Se não for na Fórmula 1, em alguma outra categoria grande e competitiva. Ele é claramente muito talentoso: um campeão da F2, um campeão da Fórmula E, que é uma categoria muito difícil de vencer.

"Ele estará olhando para entrar em uma posição vencedora novamente."

De Vries, que conquistou seu título de Fórmula E com a Mercedes, foi contratado pela equipe de F1 como piloto de testes e reserva de 2020 a 2022.

Quando Alex Albon foi afastado por apendicite, de Vries impressionou ao marcar o nono lugar no GP da Itália de 2022 para a Williams.

Desde então, a Mercedes substituiu de Vries pelo ex-piloto da Haas, Mick Schumacher, para testar o W14 e realizar a maior parte do trabalho de simulador da equipe.

Desde que de Vries foi dispensado, ele foi fotografado com o chefe do automobilismo da Mercedes, Toto Wolff.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #239 – O que esperar de Ricciardo em retorno à F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Hamilton supera Verstappen e lidera o terceiro treino livre para o GP da Hungria
Próximo artigo F1: Ferrari "rouba" diretor da Mercedes para auxiliar em processo de reestruturação

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil