F1: Mercedes ainda está em modo "tentativa e erro" com atualizações contra porpoising

Wolff acredita que melhora do carro não virá do dia para a noite

F1: Mercedes ainda está em modo "tentativa e erro" com atualizações contra porpoising
Carregar reprodutor de áudio

A Mercedes afirmou que ainda está no modo de "tentativa e erro" com as atualizações trazidas para o W13 neste começo de temporada da Fórmula 1, em busca de encontrar a cura para seus problemas de porpoising.

A montadora alemã está sofrendo para reduzir as quicadas do W13, que estão atrapalhando tanto Lewis Hamilton quanto George Russell. O problema força a equipe a colocar o carro bem mais alto do que originalmente pensado, o que compromete o efeito solo.

Leia também:

A Mercedes está convencida de que se puder adaptar o carro para não quicar tanto quando estiver mais baixo, conseguirá desbloquear performance. Mais cedo nesta semana, Toto Wolff revelou que o trabalho desde Ímola ajudou a descobrir várias direções que podem ajudar no progresso, com algumas atualizações esperadas para Miami.

Mas falando antes do fim de semana, em um evento oficial de lançamento do novo relógio Mercedes IWC, Wolff reduziu as expectativas sobre melhoras instantâneas.

Ele disse que o fato do porpoising não poder ser simulado nos túneis de vento significam que o único modo de realmente obter progresso é com testes nos finais de semana de GP.

"Acho que estamos buscando uma solução, que não resolve apenas as quicadas. Podemos mexer no assoalho e torná-lo mais rígido, mas você perde downforce ao tornar o carro mais estável assim, e essa não é a direção que vamos tomar".

"Infelizmente, sem testes, cada fim de semana tem um pouco de experimentação. Não tem como replicar as quicadas que temos na pista no túnel de vento. E, portanto, é como nos velhos dias, um pouco de tentativa e erro".

"Estamos olhando para algumas direções que acreditamos que podem nos ajudar a resolver o problema a longo prazo sem perder o lado bom do downforce, como temos ao aumentar o carro ou mexer no assoalho".

"Teremos modificações no carro neste fim de semana, e achamos que isso pode nos dar uma direção. Mas a performance do carro, ela não vai surgir de um fim de semana para o outro".

Nova asa

A Mercedes está introduzindo uma especificação de asa traseira de baixo arrasto como parte de suas atualizações para o GP de Miami.

O foco da equipe de Brackley tem sido buscar respostas para seus problemas, mas também está ciente de que suas chances este ano não foram ajudadas pela falta de velocidade nas retas.

Embora o desempenho do motor tenha desempenhado um papel nisso, a equipe também está ciente de que o pacote de asa de alta especificação de downforce que ela escolheu ter no início da temporada tem uma alta consequência de arrasto.

Para a corrida deste fim de semana em Miami, que apresenta longas retas, o W13 está sendo equipado com uma nova asa traseira menor.

Ao explicar as mudanças, a equipe disse: “Esta configuração de asa traseira fornece downforce e arrasto reduzidos, com base em simulações, provavelmente é preferível à nossa opção de downforce mais alto que foi usado nas primeiras quatro corridas da temporada.

“A nova asa inferior é combinada com a nova configuração da asa traseira e também gera downforce reduzido e menor arrasto como parte do pacote aerodinâmico para Miami.”

A Mercedes também está utilizando uma endplate da asa dianteira revisada. A equipe acrescentou: “O novo design melhora a eficiência da asa dianteira, reduzindo a diferença de pressão entre as superfícies superior e inferior na ponta da asa”.

TELEMETRIA: Qual equipe é favorita no GP de Miami?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - TELEMETIRA: Tudo sobre o GP de Miami com Rico Penteado

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes divulga nova arte para asa traseira no GP de Miami
Artigo anterior

F1: Mercedes divulga nova arte para asa traseira no GP de Miami

Próximo artigo

F1: Conheça a nova asa dianteira da Ferrari para Miami com o objetivo de reduzir o arrasto

F1: Conheça a nova asa dianteira da Ferrari para Miami com o objetivo de reduzir o arrasto