F1: Mercedes teme ter perdido vantagem importante contra Ferrari

Equipes brigam pelo segundo lugar no campeonato de construtores

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

A Mercedes suspeita que sua principal vantagem sobre a Ferrari, uma das suas adversárias na temporada 2023 da Fórmula 1, tenha sido eliminada graças ao progresso que a equipe italiana fez recentemente. 

Na fase inicial da temporada, a equipe de Brackley levava vantagem nas corridas porque o W14 agredia menos os pneus que o SF-23 da Ferrari. No entanto, como a Scuderia conseguiu entender sua desvantagem, seu ritmo de corrida melhorou drasticamente.

Leia também:

E como as duas equipes estão agora na luta pelo segundo lugar no campeonato de construtores, a mudança nas características do carro pode ser fundamental para a luta nas seis corridas restantes da temporada.

No recente GP do Japão, onde a degradação dos pneus foi um fator crítico para decidir o ritmo no domingo, a Ferrari mostrou como estava no topo, com Charles Leclerc terminando à frente do carro líder da Mercedes, Lewis Hamilton.

Andrew Shovlin, diretor de engenharia de pista da Mercedes, acredita que esse resultado prova que a Ferrari não estava mais atrás em seu gerenciamento da degradação dos pneus. Shovlin considerou que a falta de desempenho da sua equipe no fim de semana do GP do Japão se deveu à simples falta de downforce.

"Acho que o déficit de desempenho que houve na classificação, onde tivemos um pouco menos de desempenho nas curvas rápidas, foi a mesma coisa que nos custou na corrida", disse ele.

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, George Russell, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, George Russell, Mercedes F1 W14

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

"Acho que, na verdade, essa pista se resume à quantidade de aderência que você tem nas curvas rápidas. Grande parte disso será o downforce e parece que ficamos um pouco para trás nesse aspecto."

"A Ferrari trouxe um assoalho atualizado. Então, talvez eles tenham se adiantado. Mas acho que se olharmos para algumas de nossas pistas recentes, a vantagem que temos com a degradação não é tão evidente agora na temporada como era nas corridas anteriores."

Falando no GP do Japão, o chefe de equipe da Ferrari, Fred Vasseur, reconheceu que a escuderia obteve bons ganhos no aprimoramento do gerenciamento de pneus, considerando o que foi mostrado na corrida.

"É certo que, se dermos uma olhada nas duas primeiras corridas da temporada, a degradação ou o gerenciamento dos pneus nem sempre foram nossa maior habilidade", disse ele. "Chegando a Suzuka com esse tempo de pista, estávamos um pouco em risco. Mas, no final das contas, acho que fizemos um bom trabalho nesse aspecto."

"A corrida estava sob controle; a estratégia foi bem administrada. Tivemos um bom desempenho. Um claro passo à frente em comparação com a primeira parte da temporada."

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #250 – Andretti é aprovada pela FIA para F1. E agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Red Bull já teria nome para substituir Pérez em 2024 caso necessário
Próximo artigo Ecclestone critica 'americanização' da F1 e acordo com Netflix

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil