F1: Ocon pede que Alpine o escute "tanto quanto ao Alonso"

Piloto francês não esconde necessidade de fazer com que opinião seja ouvida na equipe

F1: Ocon pede que Alpine o escute "tanto quanto ao Alonso"

Esteban Ocon pediu para que a Alpine o escutasse "tanto quanto ao [Fernando] Alonso" e reiterou que está conseguindo algo justo na equipe após o retorno do bicampeão mundial à Fórmula 1.

Enquanto Alain Prost disse recentemente que a escuderia francesa deverá garantir um ambiente saudável entre seus pilotosOcon enfatizou que ambos estão sendo tratados da mesma forma.

Leia também:

Depois de correr ao lado de Daniel Ricciardo em 2020, o francês viu o bicampeão mundial chegar ao time e declarou que só teve benefícios até agora. Ocon não esconde a necessidade de fazer com que sua opinião seja ouvida: "Quero que me ouçam tanto quanto ao Fernando."

“Na nossa equipe somos tratados da mesma forma, em termos do que temos no carro e em termos de como somos ouvidos, o que é muito importante”, explicou Ocon no paddock de Ímola.

“Foi um ponto muito claro da minha parte, fui muito claro: quero que me ouçam tanto quanto o Fernando. Obviamente, ele traz a sua grande experiência, e isso é sempre um ponto positivo, mas assim que falamos dos detalhes com o carro, estamos quites nesse ponto ".

O GP de abertura da temporada, no Bahrein, acabou sendo um fracasso para a Alpine, que teve um final de semana particularmente difícil e não obteve nenhum ponto. O A521 parecia ficar para trás em termos de desempenho e a equipe decidiu fazer várias alterações para o GP da Emilia Romagna. 

Na Itália, a escuderia francesa somou os primeiros pontos, após Ocon terminar na frente de Alonso e Raikkonen receber uma penalidade que fez subir as duas posições (9ª e 10ª, respectivamente).

“Acho que temos o nosso lugar entre os 10 primeiros, isso está claro. Hoje não foi uma corrida fácil e nem o resto do fim de semana. Acho que tínhamos potencial para ser 7º- 8º, algo assim; o ritmo no seco foi realmente bastante sólido, fomos mais rápidos que os Alfa Romeos " , disse o francês após a corrida.

“Não estamos exatamente onde queríamos estar, mas demos um passo neste final de semana com o resultado que obtivemos. Nos sentimos bem com o carro, eu e o Fernando, e queremos somar mais pontos na próxima corrida."

Quando questionado sobre a importância de terminar na frente de um bicampeão mundial de F1 como o Alonso, ele respondeu: "Foi bom ter uma boa dinâmica no time. Obviamente dá confiança pra mim, pra minha equipe também em termos da série de decisões que tomamos para o fim de semana. É bom que tudo funcione bem e já estou ansioso para a próxima corrida", concluiu.

SAIBA como Letícia DATENA se libertou da 'SOMBRA' do pai e ganhou vida própria no AUTOMOBILISMO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
F1: Alpine crê que novidades de Ímola podem ir bem em outros GPs

Artigo anterior

F1: Alpine crê que novidades de Ímola podem ir bem em outros GPs

Próximo artigo

F1: Veja o que Leclerc fez com a Ferrari com que venceu em Monza e Spa

F1: Veja o que Leclerc fez com a Ferrari com que venceu em Monza e Spa
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Emilia Romagna
Sub-evento Thursday
Localização Imola
Pilotos Fernando Alonso , Esteban Ocon
Equipes Alpine