F1: Pérez está desapontado que Racing Point "começou a esconder informações" dele

compartilhar
comentários
F1: Pérez está desapontado que Racing Point "começou a esconder informações" dele
Por:
, Editor

O mexicano pediu transparência da equipe para que todos consigam atingir o objetivo de terminar em terceiro entre os Construtores

Após anunciar antes do GP da Toscana que sairá da Racing Point no final da temporada 2020 da Fórmula 1, o mexicano Sergio Pérez afirmou na coletiva desta quinta que está desapontado pelo fato da equipe ter começado a "esconder coisas" dele devido à saída.

Para viabilizar a contratação de Sebastian Vettel, a equipe, que passará a se chamar Aston Martin em 2021, acionou uma cláusula de saída no contrato do mexicano. Agora, Pérez analisa as possibilidades para seguir na F1 no próximo ano.

Leia também:

 

O piloto faz parte da equipe britânica desde 2014, quando ainda se chamava Force India, e foi instrumental para salvar o futuro do grupo, abrindo espaço para a compra de Lawrence Stroll no meio de 2018.

Na quinta, durante a coletiva para o GP da Rússia, Pérez revelou que algumas figuras da Racing Point já começaram a esconder informações dele, e pediu maior transparência para que ele possa ajudar na busca pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores.

"Estamos focando nas oito corridas seguintes. Será crucial, precisamos de cada ponto que será essencial para o campeonato. Ainda podemos ter a melhor temporada da história, se terminarmos em terceiro. Acho que todos ficaremos desapontados se não conseguirmos".

"Obviamente, desde que a notícia saiu, algumas pessoas da equipe começaram a esconder coisas de mim, o que eu não acho que é bom. No momento, precisamos ser o mais transparentes possíveis para garantir que iremos atingir nossos objetivos".

Pérez não receberá a atualização do RP20 agora na Rússia, com o único pacote que ficou pronto a tempo indo para Lance Stroll, que já tinha as novidades em Mugello, mas destruiu as novas peças na batida que sofreu durante o GP.

A Racing Point tentou fazer dois pacotes para este final de semana mas não teve tempo, e priorizou Stroll, que está na frente no campeonato. Pérez sente que as atualizações seriam importantes para a briga acirrada no pelotão do meio, mas espera que tudo esteja resolvido até o GP de Eifel.

"Pela proximidade que temos, alguns décimos fazem diferença no resultado final. Eu esperava ter as atualizações nesta corrida, mas não tenho por razões óbvias. Eles estão dando o melhor para que eu tenha o pacote para o próximo GP".

Racing Point RP20 (Temporada 2020)
Racing Point-BWT Mercedes RP20
Motor: Mercedes
Combustível: Petronas
Pneus: Pirelli

Pilotos:

11 - Sergio Pérez

18 - Lance Stroll

TELEMETRIA: Novo CEO da F1, frustração para Max e Vettel comparado a Schumi; Rico Penteado comenta

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

F1: Chefe da Haas diz que Pérez não é uma "escolha óbvia" para a equipe

Artigo anterior

F1: Chefe da Haas diz que Pérez não é uma "escolha óbvia" para a equipe

Próximo artigo

F1: Verstappen rejeita ideia de Hamilton na Red Bull

F1: Verstappen rejeita ideia de Hamilton na Red Bull
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pilotos Sergio Perez
Equipes Racing Point
Autor Luke Smith