F1 pode aprender com envolvimento dos fãs de eSports, diz Brawn

compartilhar
comentários
F1 pode aprender com envolvimento dos fãs de eSports, diz Brawn
Por:
, Editor

Após aproximação de pilotos e fãs, diretor esportivo da F1 promete manter comprometimento da categoria nos eSports

Com a pandemia do novo coronavírus forçando o adiamento da abertura da temporada 2020 da F1, vários pilotos adotaram as corridas em simuladores como forma de se manter treinado e entretido durante o período de quarentena.

Charles Leclerc, Lando Norris, George Russell e Alexander Albon eram pilotos regulares do campeonato oficial da F1, enquanto Leclerc e Norris também participaram das 24 Horas de Le Mans virtual, apoiada pela Motorsport Games.

Leia também:

Os pilotos também fizeram sua própria transmissão, permitindo que interagissem e conversassem com os fãs regularmente, longe das regras da F1.

Falando para a série #thinkingforward, de entrevistas com os líderes do automobilismo, o diretor esportivo da F1, Ross Brawn, falou calorosamente sobre como a geração mais jovem de pilotos continuou a se envolver com os fãs, apesar da falta de corridas.

"Esse vem sendo um bom período para manter os fãs engajados, e com tantas pessoas confinadas para poder oferecer a eles esse entretenimento", disse Brawn em entrevista na eConference da FIA.

"O que eu vi que é muito impressionante, porque os verdadeiros pilotos se envolveram nessas iniciativas e nesses eventos.”

"É claro que com o eSports você tem uma visão muito melhor das personalidades dos pilotos, suas características e sua natureza. Esse foi um verdadeiro boom.”

"Lando Norris, George Russell e todos esses caras, você provavelmente não teria visto muito, mas eles subitamente vieram à tona e suas personalidades surgiram."

Brawn esperava que, mesmo com as corridas voltando em julho, as lições dos eSports pudessem ser duradouras para melhorar o envolvimento da F1 com os fãs.

"Acho que esse foi um elemento realmente útil dos eSports e sempre o apoiamos", disse Brawn.

“Tínhamos nosso campeonato de eSports com todas as equipes participantes, mas eles estariam com jogadores profissionais na maioria das vezes. Penso que os verdadeiros pilotos participantes têm sido um grande impulso para o eSports.

"Tenho certeza de que haverá muito mais suporte e muito mais recursos no futuro. Vimos lados positivos enormes e não queremos deixá-los ir. A Fórmula 1 está muito comprometida com isso.”

Leclerc pistola? Veja por que o game F1 2020 incomodou o piloto da Ferrari

PODCAST: O que a F1 deveria aprender com as demais categorias para melhorar?

 

Veja como foi a segunda classificatória do Ultimate Drift Games em Long Beach

Artigo anterior

Veja como foi a segunda classificatória do Ultimate Drift Games em Long Beach

Próximo artigo

Giassi mantém sequência de top-10 na Porsche TAG Heuer Esports Supercup em Le Mans

Giassi mantém sequência de top-10 na Porsche TAG Heuer Esports Supercup em Le Mans
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , eSports
Autor Luke Smith