F1: Vettel espera que Aston Martin possa manter momento positivo após "início muito difícil"

Tetracampeão explicou ainda a decisão de ficar dentro do carro durante a bandeira vermelha

F1: Vettel espera que Aston Martin possa manter momento positivo após "início muito difícil"

Sebastian Vettel espera que seu segundo lugar no GP do Azerbaijão do último domingo seja um ponto de partida para que a Aston Martin possa construir um momento positivo na temporada 2021 da Fórmula 1 após um "início muito difícil".

O tetracampeão garantiu a vaga na equipe, que assumiu as operações da Racing Point, após sua saída da Ferrari, mas não havia pontuado nas quatro primeiras etapas da temporada.

Leia também:

Mas Vettel teve um primeiro momento positivo, quando largou de oitavo para terminar em quinto, mas sua melhor performance com a Aston Martin até aqui veio em Baku, saindo de 11º para ir ao pódio, em segundo.

Vettel inclusive chegou a liderar a corrida com um longo primeiro stint de pneus macios, que o permitiu passar Charles Leclerc e Pierre Gasly em duas relargadas. O alemão ainda aproveitou os problemas de Verstappen e Hamilton para subir mais na classificação, até a segunda posição.

Após a corrida, Vettel admitiu que, apesar de ter sentido um forte ritmo nos treinos livres e na classificação, ele nunca esperou que chegaria ao pódio.

"Para ser honesto, não tinha muitas expectativas. Eu sabia que estava bem o final de semana todo, então sabia que poderíamos pontuar, mas certamente não esperava a segunda posição e uma corrida tão forte".

"Obviamente estou muito feliz com a segunda posição e pela equipe, é ótimo para nós. Tivemos um início de temporada muito difícil. Esperávamos um pouco mais depois do ano forte que eles tiveram no ano passado".

"Agora mal posso esperar para me encontrar com o pessoal para beber um pouco".

Sob o nome de Racing Point, a equipe lutou regularmente pela ponta do pelotão do meio em 2020, vencendo no GP de Sakhir. Mas esta evolução foi interrompida por conta dos cortes de downforce, derrubando a Aston Martin.

O resultado de Vettel quase dobrou a pontuação que a Aston Martin tinha no ano até aqui, mas não foi suficiente para se segurar à frente da AlphaTauri na luta pelo quinto lugar no Mundial de Construtores.

O segundo lugar de Vettel é o seu melhor resultado desde o GP do México de 2019, além de igualar seu melhor resultado em Baku, no então GP da Europa de 2016.

Vettel disse que gostou muito de lutar por posições e subir no grid, sentindo que havia uma oportunidade para a equipe ao escalar o pelotão.

"É sempre legal se você se une a uma nova equipe e consigam bons resultados juntos. Sentei aqui na quinta e disse que estava aqui para vencer, e curti a corrida porque estava cada vez mais próximo das posições que mais gosto".

"Obviamente quando estava em quarto, sabia que seriam bons pontos para mim e a equipe, mas assim que vi que estávamos no pódio, realmente achei que teríamos uma chance caso algo acontecesse".

"Me senti bem confortável com o carro o fim de semana todo, o que não machuca, então, com sorte, vamos manter esse momento positivo para as próximas etapas. A França será uma pista regular, então vamos ver onde estaremos mas, com sorte, poderemos lutar por pontos de forma mais regular".

Vettel revelou que sentiu com uma forma tão boa que optou por não sair do carro durante a longa espera da bandeira vermelha.

"Fiquei no carro, estava focado e não queria me distrair, queria estar pronto. Senti que obviamente fizemos o melhor possível hoje. Estou bem confortável no carro e sou um dos únicos pilotos que não fazem xixi dentro do carro, então posso ficar ali por mais tempo!".

F1 2021: GLÓRIA de PÉREZ, BATIDA de VERSTAPPEN e VACILO de HAMILTON; análise do CAOS em Baku | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: TELEMETRIA: O quebra-cabeças na desafiadora Baku com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
F1 - Bottas critica carro da Mercedes no GP do Azerbaijão: "Não foi nada divertido"

Artigo anterior

F1 - Bottas critica carro da Mercedes no GP do Azerbaijão: "Não foi nada divertido"

Próximo artigo

F1: Conheça o 'botão mágico' da Mercedes que contribuiu para erro de Hamilton

F1: Conheça o 'botão mágico' da Mercedes que contribuiu para erro de Hamilton
Carregar comentários