F1: Vettel sai em último no GP do Bahrein após ser punido com cinco posições

Piloto alemão da Aston Martin foi punido pelos comissários por ter desrespeitado sinalização; saiba mais

F1: Vettel sai em último no GP do Bahrein após ser punido com cinco posições

O que já está ruim sempre pode piorar. Tetracampeão mundial da Fórmula 1, Sebastian Vettel faz sua estreia com a Aston Martin no GP do Bahrein, que inaugura a temporada 2021 da categoria neste fim de semana, amargou um 18º lugar no grid de largada deste domingo, mas sairá de último após uma punição.

Vettel teve dificuldades no treino classificatório e saiu da sessão irritado porque duas bandeiras amarelas, causadas por Sainz e Mazepin, o fizeram tirar o pé em sua última volta rápida. Mas o sábado ruim do alemão ganhou novos contornos quando foi colocado sob investigação por desrespeitar as zonas de baixa velocidade.

O editor recomenda:

Enquanto a investigação foi tornada pública pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) somente às 22h locais deste sábado (16h em Brasília), o desfecho veio apenas neste domingo, com o alemão se apresentando perante os comissários às 13h30 de Sakhir (7h30 de Brasília).

O tetracampeão já havia sido 'investigado' pelos comissários da FIA por desrespeitar uma bandeira amarela acionada por causa de incidente no qual o espanhol Carlos Sainz, sucessor de Vettel na Ferrari, perdeu o controle do carro na curva 8.

Além do alemão, também foram investigados os pilotos Esteban Ocon, francês da Alpine-Renault, Lance Stroll, companheiro canadense de Vettel na Aston Martin, e George Russell, britânico da Williams.

Mas o caso que rendeu a punição à Vettel foi a rodada de Mazepin na primeira curva durante os segundos finais do Q1. Segundo os comissários, Bottas, Vettel, Pérez e Russell passaram pelo local e enquanto o finlandês recebeu orientação da equipe para abortar sua volta, Pérez e Russell já haviam recebido a bandeira quadriculada, então estavam lentos.

Mas os comissários apontaram que Vettel não abandonou sua volta, explicando que havia visto fumaça na pista, mas não sabia se era um abandono ou uma freada mais forte.

No sábado, o alemão disse que não podia entrar em pânico por conta da péssima posição de largada.

"Se eu entrar em pânico agora, não vai ajudar", afirmou o piloto em entrevista à emissora britânica Sky Sports F1 após a qualificação, mas antes que a audiência com os comissários fosse convocada.

"Com certeza estou chateado e com raiva, mas temos que fazer o que pudermos para amanhã. Foi uma bagunça, duas bandeiras amarelas, então não podíamos fazer muito", completou Vettel sobre o treino classificatório. Seu companheiro Stroll larga em 10º.

Q4: Verstappen DESTRÓI Mercedes de Hamilton e Bottas na classificação do Bahrein

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Alonso "esperava sofrer mais" nas primeiras corridas

Artigo anterior

F1: Alonso "esperava sofrer mais" nas primeiras corridas

Próximo artigo

F1: Hamilton acreditava que Red Bull teria "o dobro" de vantagem na classificação

F1: Hamilton acreditava que Red Bull teria "o dobro" de vantagem na classificação
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Aston Martin Racing
Autor Haydn Cobb