Gasly explica confusão que causou batida de Verstappen no Muro dos Campeões

compartilhar
comentários
Gasly explica confusão que causou batida de Verstappen no Muro dos Campeões
Por:
7 de jun de 2019 20:50

Companheiro de equipe de holandês disse que foi avisado que Verstappen estava se aproximando tarde demais

Pierre Gasly disse que não viu o companheiro de equipe da Red Bull, Max Verstappen, vindo atrás dele, após um acidente no segundo treino livre para o GP do Canadá, quando o holandês tocou no Muro dos Campeões.

Verstappen danificou as rodas do lado direito depois de um contato na sessão desta tarde, tendo perdido downforce, quando se aproximou rapidamente de Gasly que estava à sua frente.

Falando sobre o incidente, Gasly disse que só estava ciente de que Verstappen estava chegando atrás dele no último momento, quando a equipe disse a ele pelo rádio para acelerar.

Leia também:

“Eles me disseram muito tarde quando eu estava preparando minha volta”, disse. “Quando eles me falaram que eu comecei a acelerar e então ele estava cinco segundos atrasado.”

"Eles me disseram que ele bateu no muro, mas eu não vi exatamente o que aconteceu. Eu estava tentando preparar minha volta, mas tenho certeza de que veremos e falaremos sobre isso.”

Verstappen também não tinha certeza sobre como as circunstâncias se desenrolaram, tendo perdido algum tempo fora da pista, terminando a sessão em 13º lugar, apenas um lugar atrás de seu companheiro de equipe.

"Eu tinha Pierre na minha frente e acho que ele foi avisado para acelerar, mas não sei exatamente o que aconteceu", disse Verstappen. “Cheguei na chicane, e sim, basicamente na esteira do carro dele, fui para o muro.”

"É uma pena. Perdemos um pouco quilometragem por causa disso, mas quando estávamos correndo, acho que parecíamos bastante decentes. Não era perfeito, mas ainda temos algum trabalho a fazer.”

Apesar da Red Bull ter tido um dia difícil, Verstappen ainda acredita que não há grandes dramas.

"No momento, acho que ainda precisamos melhorar um pouco, mas não é algo dramático nem nada", disse o holandês. “Apenas aperfeiçoando algumas coisas, e a pista sendo tão escorregadia hoje, as coisas não estavam a nosso favor. Há um pouco de trabalho a fazer.”

Perguntado onde ele esperava que a Red Bull ficasse no resto do fim de semana, ele disse: “Bem, no momento eu acho que hoje teríamos ficado em quarto. Eu acho que Carlos [Sainz] acabou nessa colocação, então devemos estar à frente.”

Gasly foi mais cauteloso com suas perspectivas: "Acho que hoje foi um pouco difícil", disse ele. “E nós estamos com falta de aderência, então precisamos analisar um pouco mais esta noite e tentar chegar a mais soluções amanhã.”

“Mas é só sexta-feira e acho que amanhã teremos muito mais desempenho. Eu não sei exatamente se vamos poder estar com eles [Mercedes e Ferrari], acho que será difícil, mas vamos tentar tudo o que pudermos.”

Próximo artigo
VÍDEO: Veja o acidente que encurtou treino de Hamilton no Canadá

Artigo anterior

VÍDEO: Veja o acidente que encurtou treino de Hamilton no Canadá

Próximo artigo

Histórico de Hamilton no Canadá é arrasador entre pilotos ativos da F1

Histórico de Hamilton no Canadá é arrasador entre pilotos ativos da F1
Carregar comentários
Seja o primeiro a receber as últimas notícias