Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
65 dias
06 mai
Próximo evento em
107 dias
20 mai
Próximo evento em
121 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
135 dias
10 jun
Próximo evento em
142 dias
24 jun
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
163 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
177 dias
29 jul
Próximo evento em
191 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
219 dias
02 set
Próximo evento em
226 dias
09 set
Próximo evento em
233 dias
23 set
Próximo evento em
247 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
254 dias
07 out
Próximo evento em
261 dias
21 out
Próximo evento em
275 dias
28 out
Próximo evento em
282 dias
05 nov
Próximo evento em
290 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
303 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
318 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
327 dias

Haas sente "honra e pressão" ao trazer nome Schumacher de volta à F1

compartilhar
comentários
Haas sente "honra e pressão" ao trazer nome Schumacher de volta à F1
Por:
, Editor

Gunther Steiner espera que a confiança ganha com o título da F2 ajude Mick nos momentos de dificuldade que terá em sua primeira temporada

Em 2021, o nome Schumacher estará de volta ao grid da Fórmula 1, agora com Mick, filho do heptacampeão Michael. E para o chefe da Haas, Gunther Steiner, é "uma honra" carregar o sobrenome, mas admite que isso também "traz muita pressão".

Schumacher é um dos três pilotos da Fórmula 2 que darão o passo para a principal categoria do automobilismo mundial, ao lado de seu companheiro de equipe Nikita Mazepin e Yuki Tsunoda, que correrá pela AlphaTauri. Ele chega à categoria nove anos após a aposentadoria de seu pai do esporte a motor.

Leia também:

Steiner disse que, enquanto é uma honra para a equipe ter um papel importante na trajetória de Mick e na volta da família Schumacher ao grid, ele compreende que isso colocará a Haas sob os holofotes do esporte.

"O nome Schumacher se tornou uma lenda na Fórmula 1 por causa de Michael", disse Steiner ao Motorsport.com. "Ter seu filho é algo fantástico, é uma honra para nós. Acho que se lembrarmos de quando Michael estava pilotando, ele tinha uma aura ao seu redor e agora temos seu filho em nossa equipe".

"Somos uma equipe jovem. Acertamos e erramos, mas sempre estamos tentando fazer o nosso melhor. Ter Mick é uma honra, mas isso também traz muita pressão. Estou ciente disso. Vamos dar o nosso melhor para cumprir nosso papel e deixá-lo no caminho para fazer coisas maiores em sua vida".

Schumacher é um membro da Academia da Ferrari e sua contratação pela Haas é um sinal de que as duas equipes terão um relacionamento mais próximo a partir de 2021. O alemão, de 21 anos, garantiu o título da F2 na última etapa no Bahrein, derrotando seu companheiro de Academia Callum Ilott e o piloto da Red Bull Yuki Tsunoda.

Steiner sente que a injeção de ânimo dado pelo título da F2 ajudará Schumacher em sua temporada de estreia na F1, ajudando a melhorar sua confiança em momentos difíceis.

"É algo importante, e faz bem para a confiança de qualquer um vencer um campeonato competitivo como a F2. Assim como qualquer campeonato, você tem anos mais e menos competitivos. 2020 foi muito competitivo. Tivemos uma disputa até a última corrida".

"Para ele, chegar como o campeão lhe dará aquela confiança inicial que pode ajudar quando estiver em dificuldades na F1. Afinal, tudo será novo. Ele sempre poderá lembrar que é o campeão da F2. Essas coisas ajudam".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

GROSJEAN exibe pela PRIMEIRA VEZ mãos QUEIMADAS, CHOCA fãs e tem futuro INCERTO

PODCAST: Vettel, Alonso, Schumacher, eventos e mais: o que esperar da F1 em 2021?

 

McLaren tem plano para que Ricciardo tenha integração rápida com equipe; entenda

Artigo anterior

McLaren tem plano para que Ricciardo tenha integração rápida com equipe; entenda

Próximo artigo

Binotto defende que "não há arrependimento" da Ferrari por não contratar Hamilton

Binotto defende que "não há arrependimento" da Ferrari por não contratar Hamilton
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Mick Schumacher
Equipes Haas F1 Team
Autor Luke Smith