Fórmula 1
R
GP de 70º aniversário
07 ago
Próximo evento em
13 Horas
:
20 Minutos
:
27 Segundos
04 set
Próximo evento em
28 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
35 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
49 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
112 dias

Leclerc diz que tem “99% de certeza” que temporada 2020 será mais difícil

compartilhar
comentários
Leclerc diz que tem “99% de certeza” que temporada 2020 será mais difícil
Por:
2 de jul de 2020 18:17

Piloto monegasco confirma que desempenho de time deve melhorar apenas no GP da Hungria, na terceira etapa do campeonato

Charles Leclerc diz que tem 99% de certeza de que a Ferrari enfrentará uma temporada mais difícil do que no ano passado.

Com a equipe italiana optando por renovar seu carro atual, após decepcionante pré-temporada, sabe-se que as mudanças devem apenas acontecer no GP da Hungria.

Leia também:

A espera pelas atualizações pode ser suficiente para permitir que a Mercedes e a Red Bull ganhem vantagem e, com a temporada menor, o terreno perdido pode destruir todas as esperanças de título.

Refletindo sobre a situação da equipe antes da abertura da temporada, Leclerc disse: "Acho que será uma temporada muito desafiadora para nós. Definitivamente, não será fácil.”

"Ainda temos esse ponto de interrogação e ainda temos que esperar pela classificação para ter certeza do que dizemos: mesmo tendo 99% de certeza de que estaremos com mais dificuldades do que no ano passado".

Leclerc disse que a decisão da Ferrari de fazer uma mudança no carro ocorreu durante a quarentena, quando a equipe teve mais tempo para analisar os dados dos testes.

"Acho que após os testes, mais ou menos sabíamos que não estávamos onde queríamos estar, principalmente no ritmo da classificação", afirmou. "Então, houve toda essa situação com o coronavírus, tudo foi fechado.”

“Depois que reabrimos, analisamos novamente os dados com a pequena quantidade de tempo que tínhamos, e acho que decidimos dar um passo para trás para tentar analisar de onde o problema vem primeiro, para depois trabalhar.”

"É onde estamos no momento. Tentamos uma rota diferente para Budapeste.”

Mercedes otimista na Áustria

Depois que a Mercedes venceu as quatro primeiras corridas no Red Bull Ring desde que a Áustria voltou ao calendário da F1 em 2014, Max Verstappen venceu os dois últimos eventos para o time da casa.

Em 2018, os problemas hidráulicos e de pressão de combustível pararam Valtteri Bottas e Hamilton, respectivamente, enquanto os problemas de refrigeração atrapalharam significativamente o ritmo na corrida do ano passado, já que a dupla da Mercedes teve que tirar o pé significativamente para evitar altas temperaturas.

Falando à imprensa nesta quinta-feira, Hamilton explicou por que a Mercedes estava confiante: "Não estamos terríveis [desde 2017], mas é um circuito desafiador com a altitude e as temperaturas", afirmou.

"Chegamos aqui [nos anos anteriores] e geralmente não estávamos na janela perfeita de temperatura operacional para o nosso carro.”

"Mas eu gostaria de pensar que estamos em uma posição melhor este ano, com as melhorias que fizemos no carro desta temporada. Então, o tempo dirá."

Direto do Paddock: 'acampamento' de Vettel, bronca de Hamilton e mistério de Mercedes e Renault

PODCAST: A F1 está de volta! Saiba tudo sobre 'novo normal' da categoria

 

Related video

Direto do Paddock: 'acampamento' de Vettel, bronca de Hamilton e mistério de Mercedes e Renault

Artigo anterior

Direto do Paddock: 'acampamento' de Vettel, bronca de Hamilton e mistério de Mercedes e Renault

Próximo artigo

CEO da F1 põe GP do Brasil de 2020 em xeque por causa da pandemia

CEO da F1 põe GP do Brasil de 2020 em xeque por causa da pandemia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Jonathan Noble