Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Ricciardo: "Nenhuma evidência clara" da Renault à frente de equipes médias

compartilhar
comentários
Ricciardo: "Nenhuma evidência clara" da Renault à frente de equipes médias
Por:
Co-autor: Edd Straw
27 de fev de 2019 16:05

Ex-Red Bull, piloto australiano diz que ainda não viu sinais de que o time francês esteja à frente do pelotão intermediário da F1

Novo piloto da Renault para a temporada 2019 da F1, Daniel Ricciardo disse que não vê sinais concretos de que a equipe francesa esteja à frente do pelotão intermediário da categoria. “É achismo. Eu gostaria de pensar que estamos acima, mas não há nenhuma evidência clara disso”, disse o australiano, que deixou a Red Bull depois de quatro anos.

No ano passado, a Renault ficou em quarto no campeonato de construtores. Agora, o foco do time francês é diminuir a diferença para as três equipes de ponta da F1: Mercedes, Ferrari e a própria Red Bull, que tirou Pierre Gasly da Toro Rosso para substituir Ricciardo.

Leia também:


Entretanto, os testes de pré-temporada, em Barcelona, têm indicado uma aproximação de outras equipes médias, como McLaren, Toro Rosso e Alfa Romeo. Mas isso não muda as pretensões da Renault, segundo Ricciardo: “nosso objetivo é sermos, no mínimo, o quarto time, tentando diminuir a distância para o top-3, que é grande e não vai ser modificada do dia para a noite. Mas o objetivo é nos aproximarmos e desenvolvermos o carro, sem dúvida”.

“Conversando com Nico [Hulkenberg] e entendendo como a equipe estava em 2018, sei que o desenvolvimento nem sempre foi tão rápido como se esperava, mas esse ano é outra coisa”, disse. “O time está melhorando a infraestrutura e se expandindo. Isso pode influenciar no quanto nos distanciamos ou nos aproximamos dos outros”.

Ao passo que reconhece a superioridade do top-3, Ricciardo não descarta nenhuma outra equipe do pelotão intermediário como um potencial rival: “Os três da frente ainda têm uma margem, mas as coisas estão próximas entre os times do meio. Se você olha para o tempo de Sainz, mesmo com um pneu mais macio, é muito rápido.  Mas claro, não estamos sempre juntos na pista nem com a mesma quantia de combustível, então os tempos podem ser completamente diferentes”.

Daniel Ricciardo conversa com a imprensa

Daniel Ricciardo conversa com a imprensa

Photo by: Andy Hone / LAT Images

“Realisticamente, não saberemos até os treinos classificatórios de Melbourne, quando todos têm o mesmo nível de combustível, pneus parecidos e condições iguais de pista”, disse. “Mas, agora, eu diria que o grupo intermediário está acirrado, o que é bom para vocês. Eu quero me distanciar”.

O australiano se disse satisfeito com a confiabilidade nas primeiras idas do RS19 à pista, mas admite que há o que melhorar: “o carro não está se comportando fora do previsto neste momento, o que é positivo, já que estamos testando. Temos trabalho a fazer, mas nada que me pareça inalcançável”.

Próximo artigo
Alonso: “Ano em casa seria um desperdício de tempo para todos”

Artigo anterior

Alonso: “Ano em casa seria um desperdício de tempo para todos”

Próximo artigo

Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1

Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo Compre Agora
Equipes Renault F1 Team
Autor Jonathan Noble