Sirotkin: Nova asa da Williams foi “passo na direção certa”

Sergey Sirotkin diz que a nova asa dianteira da Williams entregou mais estabilidade ao incômodo carro de 2018 da equipe

Sirotkin: Nova asa da Williams foi “passo na direção certa”
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Lance Stroll, Williams FW41, with a large amount of Flo-viz paint applied
Lance Stroll, Williams FW41

Em uma tentativa de ajudar a resolver os problemas de equilíbrio que atrapalharam o início da temporada, a Williams introduziu um conceito diferente de asa dianteira para o GP da Alemanha, que espera tornar o carro menos nervoso nas curvas.

Embora a equipe soubesse que as modificações não trariam uma mudança imediata no tempo de volta, o feedback inicial da volta aliado aos dados coletados pela equipe elevou as esperanças de que o progresso tenha sido alcançado.

"Há algumas coisas interessantes para observar. Quero dizer, nunca dissemos que isso é algo que nos dá um tempo de volta, mas vemos algumas boas melhorias", disse o piloto russo Sergey Sirotkin.

Leia também:

"Definitivamente nos deu uma base mais estável e um fluxo de ar mais estável. Isso é o que já podemos ver, mesmo não tendo passado pelo processo de adaptação ainda.”

"De agora em diante, é mais sobre transformar esta base mais estável no desempenho que, obviamente, não ter essa base [antes], não poderíamos ter feito no passado.”

Confira o guia do circuito do GP da Alemanha

compartilhar
comentários
Alonso: "Testamos muitas coisas que comprometeram os tempos"

Artigo anterior

Alonso: "Testamos muitas coisas que comprometeram os tempos"

Próximo artigo

Saúde deve afastar Marchionne da presidência da Ferrari

Saúde deve afastar Marchionne da presidência da Ferrari
Carregar comentários